Divulgação
Divulgação

Corinthians apoiará campanha por educação no clássico com Santos

Jogadores terão uma letra a menos no nome estampado na camisa

O Estado de S. Paulo

19 de junho de 2015 | 16h48

A diretoria do Corinthians fechou acordo com o Instituto Ayrton Senna para o clássico deste sábado, contra o Santos, na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Os nomes dos jogadores nas camisas terão pelo menos uma letra à menos em apoio à iniciativa "#Doe Letras", que busca arrecadar fundos para melhorar o ensino público do País. 

Os torcedores que quiserem participar do movimento podem doar no mínimo R$ 30 através do site www.DoeLetras.org.br. Como brinde, cada doador receberá um chaveiro com a letra que desejar. 

Além do apoio financeiro, o público também pode ajudar a disseminar a ação baixando os caracteres que desejar no site e usá-lo como foto de perfil nas redes sociais. O clube e os jogadores alvinegros, assim como Kaká e Daniel Alves, estão entre os que têm divulgado a ação na internet. 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolbrasileiraocorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.