Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Corinthians apresenta projeto para Renato Gaúcho e aguarda resposta nesta semana

Encontro desta terça-feira, entre diretoria do clube e o empresário do treinador, destacou impossibilidade de grandes investimentos por causa da crise financeira

Gonçalo Junior, O Estado de S. Paulo

18 de maio de 2021 | 18h19

O Corinthians iniciou nesta terça-feira as negociações para contratar o técnico Renato Gaúcho, o plano A da diretoria para substituir Vagner Mancini, demitido após a derrota para o Palmeiras que causou a eliminação do time no Campeonato Paulista. O clube quer contratar o treinador, mas deixou claro que não tem condições de fazer grandes investimentos neste momento. Isso significa que Renato terá que reduzir seu salário para trabalhar no clube paulista. Uma nova reunião ainda não foi agendada, mas o Corinthians espera um retorno ainda nesta semana.

Ainda não houve uma proposta oficial, como a discussão de valores e tempo de contrato, por exemplo, mas o clube apresentou um projeto para o treinador, baseado na responsabilidade financeira e na valorização das categorias de base. O treinador vai analisar as condições iniciais e conversar com a família.

Renato Gaúcho não participou deste primeiro encontro, realizado no CT Joaquim Grava. Pelo clube paulista estiveram presentes o presidente Duilio Monteiro Alves, o diretor de futebol Roberto de Andrade e Alessandro Nunes, gerente de futebol. Do outro lado da mesa estava Gerson Oldenburg, empresário de Renato Gaúcho e conhecido como “Gauchinho”.

Os representantes do clube do Parque São Jorge deixaram claro que o treinador é o primeiro nome da diretoria e também um consenso da direção. Por enquanto, não há plano B. Também argumentaram sobre a importância e a projeção do clube. Por outro lado, destacaram que o Corinthians não tem condições de fazer grandes investimentos – nem para contratar o próprio Renato nem para reforços de peso. Resumidamente, a mensagem foi transmitida é que o clube quer contratar Renato, mas não tem condições de fazer grandes investimentos. Isso significa um salário menor que os padrões anteriores que o treinador recebia.

A diretoria só vai conversar com outros nomes se a negociação com o treinador gaúcho não avançar. Entre as outras opções estão Antonio Carlos Zago, Sylvinho, Dorival Junior e Lisca.

Tudo o que sabemos sobre:
Renato GaúchoCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.