Corinthians aprova novo estatuto e terá eleições diretas

Com imensa maioria a favor da alteração, todos os sócios, agora, poderão votar para presidente

Redação

30 de agosto de 2008 | 18h25

O Corinthians aprovou neste sábado seu novo estatuto social, com o clube passando a escolher o presidente em votação aberta a todos os sócios, com mandato de três anos, não sendo permitido mais a realização de reeleição. Foram 835 votos totalizados, com 762 a favor da mudança.Veja também: Corinthians vence o ABC em jogo 1.500 no Pacaembu Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoCom essa alteração, o atual presidente, Andrés Sanchez, pode se candidatar na eleição que acontecerá em fevereiro do ano que vem, já que está oficializado que ele ocupa apenas um mandato-tampão, em lugar de Alberto Dualib, forçado a abandonar o cargo pelos problemas administrativos.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansBrasileirão Série B

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.