Corinthians assina carta de intenções para construir arena

Diretoria fecha acordo com o consórcio Egesa, que terá até 30 de abril para encontrar um terreno para a obra

Marcel Rizzo e Vitor Marques, Jornal da Tarde

05 de março de 2008 | 15h31

O Corinthians anunciou, em nota no seu site oficial, que firmou nesta quarta-feira uma carta de intenções com o consórcio Egesa para a construção da Arena Corinthians, o tão sonhado estádio. O acordo tem prazo de validade até 30 de abril e, até lá, a diretoria espera ter um projeto totalmente aprovado para, então, dar início às obras.Veja também: Estádios de papel, uma dura rotina no Corinthians Mano Menezes faz balanço do Corinthians na 'TV Estadão' Mano elogia Guará, treina finalizações e exige vitória domingoEsta carta de intenções servirá para encontrar um terreno, que pode não ser o tão cogitado na Marginal Tietê - dependerá das negociações do consórcio, que buscará créditos para investimento. "O avanço agora é a segurança de ambos os lados, da empresa e do clube. A opção número 1 ainda é o terreno da Marginal, mas o prazo venceu e estamos tentando mudar isso", diz o vice-presidente corintiano Heleno Maluf.O consórcio terá de apresentar até a data estipulada no contrato um terreno, o aval dos órgãos públicos e um projeto para a diretoria corintiana aprovar.O presidente Andrés Sanchez havia dito no último mês que o estádio do Corinthians estava "mais perto do que o torcedor podia imaginar". No entanto, apenas agora, com a parceira com o consórcio, é que o clube começa a correr atrás de fundos para a obra.Atualizado às 16h35 para acréscimo de informações  

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.