Sérgio Neves/AE
Sérgio Neves/AE

Corinthians ataca no Engenhão para voltar a ser líder

Time alvinegro quer quebrar tabu no Rio e promete ofensividade diante do algoz Flamengo, às 22h

FÁBIO HECICO, Agência Estado

27 de outubro de 2010 | 08h34

Falhar uma vez é normal, duas é preocupante, mas três... Depois de deixar escapar a chance de reassumir a liderança do Campeonato Brasileiro ao perder para Grêmio (1 a 0, na 21.ª rodada) e Atlético Mineiro (2 a 1, na 28.ª), o Corinthians encara o algoz Flamengo, nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília, com transmissão do estadão.com.br e da rádio Eldorado/ESPN), no Engenhão, para voltar à ponta da tabela e, assim, jogar a pressão sobre Fluminense e Cruzeiro, que estão com um ponto à frente na classificação, mas jogam na quinta e sábado, respectivamente.

Veja também:

linkFlamengo que confirmar fama de carrasco do Corinthians

Para retomar o primeiro posto, no qual figurou durante 12 rodadas, o Corinthians precisa de um triunfo no Rio de Janeiro, onde sofreu quatro derrotas nos últimos confrontos contra o Flamengo. Quebrar o tabu é a missão do técnico Tite, que no último domingo estreou também pressionado e conseguiu acabar com o jejum de sete jogos sem sucesso - no 1 a 0 sobre o Palmeiras. Outra marca a cair seria a invencibilidade de Vanderlei Luxemburgo no rival. Depois que ele assumiu, o time rubro-negro ganhou duas e empatou outras duas.

"Nada é mais importante para nós hoje do que dar mais um passo na busca pelo título. Foi (um jogo) decisivo contra o Palmeiras, antes contra o Guarani e esse também é", afirmou o técnico Tite, resumindo qual será o tema de sua palestra motivacional aos atletas. No papo, vai tirar o foco de uma possível vingança pela eliminação na Libertadores deste ano, quando perdeu no Maracanã por 1 a 0 e venceu no Pacaembu por 2 a 1 - resultado insuficiente, nas oitavas de final.

No ano passado, o Flamengo ganhou do Corinthians, na 37.ª rodada, para assumir a liderança da competição e depois ser campeão. Naquele jogo, no Brinco de Ouro, o time alvinegro não mostrou muito disposição e Ronaldo saiu de campo machucado. Agora, os corintianos esperam que a história seja diferente.

Apesar de os quatro jogadores do meio estarem pendurados com dois cartões amarelos, Tite não admite ninguém se poupando. E aposta na chegada de trás de Elias (com Adilson Batista, jogava mais na frente) para surpreender os cariocas, como ocorreu na vitória no clássico. "A grande virtude é a transição dele. Saindo da defesa para o ataque, ele é 'imarcável', por ser muito rápido" explicou o treinador.

FLAMENGO - Marcelo Lomba; Léo Moura, David, Welinton e Juan; Correa (Kléberson), Willians, Maldonado e Renato; Diego Maurício e Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CORINTHIANS - Júlio César; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Elias e Bruno César; Iarley e Ronaldo. Técnico: Tite.

Árbitro - Sandro Meira Ricci (DF); Horário - 22 horas (de Brasília); TV - Globo e Band; Rádio - Eldorado/ESPN (AM 700/FM 107,3); Local - estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.