Reprodução/TV Corinthians
Reprodução/TV Corinthians

Corinthians avisa que não fará testes de coronavírus com Albert Einstein

Clube alega 'diversas falhas e inconsistência' após problemas do Goiás e do Red Bull Bragantino

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de agosto de 2020 | 21h30

O Corinthians avisou que não realizará testes do novo coronavírus com o Hospital Albert Einstein, escolhido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para fazer os exames nos times durante a disputa do Brasileirão. Em nota divulgada na noite deste domingo, o clube afirmou que vai fazer os testes em "laboratório de confiança" utilizado durante o Campeonato Paulista.

O Corinthians alegou "diversas falhas e inconsistência nos testes realizados até aqui por outras equipes". Neste domingo, o Goiás recebeu resultados positivos em dez jogadores do elenco, horas antes da partida contra o São Paulo, que foi adiada. Os testes realizados na quinta-feira tiveram falhas, o elenco teve de refazê-los na sexta e os resultados foram divulgados apenas neste domingo, dia do duelo.

Em entrevista ao SporTV, Walter Feldman, secretário-geral da CBF, afirmou que será permitido aos clubes escolherem quais hospitais realizarão os testes em seus jogadores, contanto que sigam um determinado padrão de qualidade.

No Paulistão, o Red Bull Bragantino recebeu resultados errados antes de enfrentar justamente o Corinthians, pelas quartas de final. Na ocasião, o clube recebeu o resultado positivo de 23 pessoas (sendo nove jogadores e quatro membros da comissão técnica), que foram afastadas. No entanto, horas antes da partida decisiva, o Bragantino descobriu que os resultados estavam errados, e os profissionais foram reintegrados às pressas.

VEJA A NOTA DO CORINTHIANS

"O Sport Club Corinthians Paulista informa que os jogadores, comissão técnica e demais colaboradores do departamento de futebol realizarão os testes para a Covid-19 antes de todos os jogos do Campeonato Brasileiro, conforme prevê a Diretriz Técnica Operacional de Retorno das Competições CBF. No entanto, os exames não serão feitos pelo Hospital Albert Einstein.

O Departamento Médico do Clube, ao verificar diversas falhas e inconsistência nos testes realizados até aqui por outras equipes, resolveu seguir com os exames realizados pelo mesmo laboratório de confiança utilizado durante a disputa do Campeonato Paulista.

Desta forma, o Corinthians pode dar mais segurança a todos os seus colaboradores e também às equipes adversárias."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.