Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Corinthians barra entrada de torcedores no treino desta sexta-feira

Cinco membros da Gaviões da Fiel queriam conversar com o elenco para pedir reação na temporada

Fábio Hecico, Agência Estado

25 de outubro de 2013 | 16h30

SÃO PAULO - O Corinthians não liberou a entrada de cinco líderes da torcida organizada Gaviões da Fiel no CT do Parque Ecológico na tarde desta sexta-feira, durante a realização do treino da equipe. Os torcedores foram ao local com a expectativa de conversar com o elenco para pedir uma reação na temporada, mas não tiveram sucesso.

No portão de entrada do CT, os cinco torcedores foram barrados pelos seguranças do clube. Depois, eles chegaram a conversar com o gerente de futebol Edu Gaspar, que coincidentemente passava pelo local naquele momento. E o dirigente também não liberou a entrada dos integrantes da Gaviões, que, por sua vez, não protestaram.

Assim, longe da pressão da torcida, o Corinthians realiza na tarde desta sexta-feira o treinamento como preparação para enfrentar o Santos, no clássico de domingo, em Araraquara, no interior de São Paulo. O grupo está completo, inclusive com Alexandre Pato, que não voltou de Porto Alegre com a delegação no dia anterior.

Na quinta-feira, houve protesto de cerca de 20 torcedores no desembarque da delegação corintiana em São Paulo, após a eliminação na noite anterior na Copa do Brasil. Responsável por perder o pênalti decisivo diante do Grêmio, Pato não voltou com o grupo, ficando em Porto Alegre para resolver compromissos particulares.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansbrasileirãotorcida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.