Corinthians bate Bragantino e acaba com jejum de vitórias

Disputado em um gramado ruim, o jogo entre Bragantino e Corinthians teve qualidade compatível, mas pelo menos para o time da capital, teve um final feliz. A equipe do Parque São Jorge venceu por 2 a 1 neste domingo, no Estádio Marcelo Stefani, em Bragança Paulista, no encerramento da 13.ª rodada do Campeonato Paulista.O resultado deu fim a um jejum de cinco partidas sem vitórias do Corinthians, que agora soma 20 pontos, empatado com o próprio Bragantino e a quatro pontos do Noroeste - o último eventualmente classificado para as semifinais.Mesmo não jogando bem, o Corinthians contou com uma falha da defesa do Bragantino para abrir o placar. Aos 39, Amoroso bateu falta cruzando na área, todo mundo tentou, mas ninguém tocou nela, o que acabou enganando o goleiro Felipe, que não evitou o gol. "O gramado não está legal, com deu para ver que o piso estava irregular. Então chutei no gol para ela quicar e enganar o goleiro", explicou Amoroso sobre o gol.Nem jogando com três e três jogadores de marcação no meio-campo, o Corinthians conseguiu segurar o resultado. No final do primeiro tempo, Marcus Vinicius puxou Alex Afonso na área e árbitro Paulo César de Oliveira marcou pênalti. O mesmo Alex Afonso bateu e marcou.Para vencer, o Corinthians precisou contar com a "raça corintiana". Aos 41, depois de uma cobrança de escanteio, o zagueiro Marcus Vinicius apareceu livre na segunda trave para cabecear e decretar a sofrida vitória.O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Treze, no Estádio Ernani Sátiro, em Campina Grande (PB), pela Copa do Brasil. No domingo, o Corinthians recebe o Noroeste, no Pacaembu. No mesmo dia, o Bragantino enfrenta o Paulista, novamente no Marcelo Stefani. Ambos os jogos são válidos pelo Paulistão.BRAGANTINO 1 X 2 CORINTHIANSBragantino - Felipe; Tiago Vieira, Zelão e Luis Henrique; Julio César, Mário, Moradei, Rubens (Bill) e Andrezinho; Alex Afonso e Everton. Técnico: Marcelo Veiga.Corinthians - Marcelo; Marcus Vinícius, Betão e Marinho; Tamandaré, Marcelo Mattos, Magrão, Roger (Willian) e Wellington; Amoroso (Wilson) e Arce. Técnico: Emerson Leão.Gols - Amoroso, aos 39, e Alex Afonso, aos 44 minutos do primeiro tempo. Marcus Vinicius, aos 41 minutos do segundo tempo Árbitro - Paulo César de Oliveira. Cartões amarelos - Amoroso, Betão, Marcus Vinicius, Julio César, Zelão e Luis Henrique Renda e público - Não disponíveis Local - Estádio Marcelo Stéfani, em Bragança Paulista (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.