Corinthians bate o São Paulo e está na final do Paulistão

Com gols de Douglas e Ronaldo, equipe alvinegra ganha por 2 a 0 e pega o Santos na decisão do torneio

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

19 de abril de 2009 | 17h52

Nilton Fukuda/AE

Ronaldo toca na saída de Bosco para fazer o segundo gol do Corinthians e selar a classificação

SÃO PAULO - Bastaram apenas dois minutos para o Corinthians garantir na tarde deste domingo uma vaga na grande final do Campeonato Paulista. Em partida bastante disputada no Morumbi, a equipe alvinegra fez dois gols relâmpagos no início do segundo tempo e superou o São Paulo por 2 a 0, na partida de volta pela semifinal da competição.

Veja também:

video Confira os principais lances da vitória do Corinthians

link'Que velocidade, hein gordo', disse Mano a Ronaldo após gol

linkMano ironiza previsão furada de Muricy Ramalho

linkMuricy minimiza nova eliminação em mata-mata

linkSão-paulinos admitem superioridade do Corinthians

forum Vote: quem será o campeão do Paulistão?

som Ouça os gols no Território Eldorado: São Paulo 0 X 1 Corinthians; São Paulo 0 X 2 Corinthians

mais imagens Veja mais imagens da partida deste domingo

blog Bate-Pronto: Veja a seleção da rodada

tabela  Campeonato Paulista - Calendário / Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

Com o resultado positivo, o time comandado pelo técnico Mano Menezes ainda garantiu a vantagem de jogar por dois resultados iguais na decisão do campeonato diante do Santos. Se tivesse empatado, o clube do Parque São Jorge também teria se classificado, mas a vantagem na final seria da equipe da Vila Belmiro.

No confronto deste domingo, os dois técnicos demoraram muito para divulgarem as escalações e surpreenderam ao entraram em campo com três atacantes. O Corinthians repetiu a escalação da semana passada, quando ganhou por 2 a 1 no Pacaembu na ida, com Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo, enquanto o São Paulo entrou em campo com Dagoberto, Borges e Washington.

Com isso, o primeiro tempo foi aberto, com o time tricolor mais presente no setor ofensivo, já que precisava da vitória para se classificar. Já os visitantes apostavam em jogadas perigosas nos contra-ataques e tinham em André Santos seu principal articulador.

A principal chance de gol são-paulina no primeiro tempo esteve nos pés de Washington, que aos 12 minutos ganhou da marcação mas, de frente para o gol, pegou fraco e mandou nas mãos de Felipe. Aos 19, Jorge Wagner também teve grande oportunidade em passe perfeito de Borges, mas Felipe fez bela defesa.

O Corinthians foi para o intervalo consciente de que precisava melhorar para não ser tão sufocado pelo adversário e garantir a classificação em um contra-ataque bem encaixado. E foi exatamente isso o que aconteceu.

FESTA CORINTIANA

No segundo tempo, o São Paulo ainda chegou a mandar uma bola no travessão com Borges de cabeça, logo aos 35 segundos, mas logo depois que o susto passou a torcida alvinegra, que ocupou apenas 10% do Morumbi neste domingo, pôde fazer a festa.

LANCES DA PARTIDA
 12’/1.ºT - PERDEU - Washington recebe bela bola de Dagoberto e fica de frente para o gol, mas pega mal na bola e manda nas mãos do goleiro Felipe, que agarra fácil
 19’/1.ºT - QUASE - Borges faz o pivô e deixa a bola limpa para Jorge Wagner dentro da área, que arremata forte e Felipe faz grande defesa para colocar a bola pela linha de fundo
 32’/1.ºT - CORINTHIANS ATACA - André Santos faz boa jogada e dá belo passe para Ronaldo, que chuta cruzado, mas Bosco fecha bem o ângulo e coloca pela linha de fundo
 1’/2.ºT - NO TRAVESSÃO - Bola para a grande área do Corinthians e Borges desvia com perfeição de cabeça, mas bola explode no poste e o Corinthians se salva
 11’/2.ºT - GOL (0x1) - É de Douglas, que abre o marcador no Morumbi; o próprio Douglas arranca com a bola, toca para Ronaldo e ele solta com perfeição para Jorge Henrique; na cara de Bosco, ele finaliza e a bola pega na trave; já sem goleiro, Douglas só tem o trabalho de empurrar a bola para o fundo do gol
 12’/2.ºT - GOL (0x2) - Após passe de Cristian, Ronaldo ganha na corrida de Rodrigo e toca com tranquilidade na saída de Bosco para ampliar para o Corinthians e deixar o time alvinegro muito perto da decisão do Paulistão
 24’/2.ºT - QUASE - Pela direita, Alessandro invade a área e chuta, mas bola desvia na zaga do São Paulo e vai pela linha de fundo
 38’/2.ºT -EXPULSO - Rodrigo, que já tinha cartão amarelo, comete falta dura, recebe o vermelho e vai para o chuveiro mais cedo

Aos 11 minutos, Douglas dominou bola no campo de defesa, arrancou em velocidade e passou para Ronaldo. Com perfeição, ele deixou Jorge Henrique livre, na cara do gol. O ex-botafoguense chutou com força e Bosco fez grande defesa, mas a bola pegou na trave e sobrou limpa novamente para Douglas, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol.

O gol abalou o São Paulo e o balde de água fria definitivo sobre os mandantes veio apenas um minuto depois. Em belo passe de Cristian, o Fenômeno ganhou na velocidade de Rodrigo e tocou com perfeição na saída de Bosco para praticamente definir a classificação alvinegra.

TRANQUILIDADE

Com a vaga quase garantida, o Corinthians ainda aproveitou o desespero do São Paulo no segundo tempo para apenas trocar passes e fazer o tempo correr para garantir a vaga. Perdidos em campo, os comandados de Muricy Ramalho não puderam mais reagir.

Com espaço, a equipe do Parque São Jorge ainda criou boas oportunidades e só não ampliou a vantagem devido à displicência de alguns jogadores. Aos 34, Douglas ficou de frente para o gol, mas não arrematou como deveria e perdeu a chance de balançar mais uma vez as redes.

NA DECISÃO

Agora, o Corinthians terá a semana livre para se preparar para o primeiro jogo da final contra o Santos, no próximo domingo, em local ainda não definido. Dentinho, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o São Paulo, é o único desfalque certo.

TAÇA DOS INVICTOS

Além de bater o São Paulo por 2 a 0 no Morumbi e se classificar à final do Paulistão, o Corinthians ainda pôde comemorar neste domingo a conquista da Taça dos Invictos. A equipe alvinegra atingiu a marca de 21 jogos sem derrotas no Paulistão e superou justamente o clube do Morumbi, que ficou 20 confrontos sem conhecer um resultado negativo entre 20 de março de 2006 e 17 de março de 2007.

SÃO PAULO
0
CORINTHIANS
2
Bosco; Rodrigo    , Renato Silva, Miranda e Junior Cesar; Jean, Hernanes e Jorge Wagner; Dagoberto     (Wellington), Washington     e Borges. Técnico: Muricy Ramalho Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos     (Diego); Cristian    , Elias e Douglas; Jorge Henrique, Ronaldo (Boquita) e Dentinho     (Morais)). Técnico: Mano Menezes

Gols:

Douglas, aos 11, Ronaldo, aos 12 minutos do segundo tempo Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa); Auxiliares: Vicente Romano Neto e Giovani César Canzian; Renda: R$ 1.556.880,00; Público: 45.710 pagantes; Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.