Rodrigo Coca / Agência Corinthians
Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Corinthians busca vaga e confirmar crescimento depois da parada

Jogadores e o técnico Tiago Nunes rejeitam rótulo de 'favorito' para semifinal contra o Mirassol

Guilherme Amaro, O Estado de S. Paulo

02 de agosto de 2020 | 05h00

Embalado por três vitórias nos três jogos após a retomada do futebol, o Corinthians enfrenta o Mirassol hoje, às 16h, em sua arena em Itaquera, confiante em conquistar a vaga na final do Paulistão e confirmar o crescimento do time. Do outro lado, a “zebra” Mirassol tem a aspiração de continuar a surpreender.

Autor do segundo gol do Corinthians sobre o Bragantino nas quartas de final, o atacante Jô evitou falar de favoritismo e de uma possível final diante do rival Palmeiras. "O Mirassol não caiu de paraquedas, fez por merecer na competição, fizeram um jogo muito bom com o São Paulo e estão na semifinal. Vamos respeitar, como fizemos com o Bragantino. Ninguém ganha jogo antes do apito, é nos 90 minutos, se dedicando. Temos nossa estratégia, é jogo único e não pode haver erros. Sabemos que será um jogo difícil."

O técnico Tiago Nunes não tem desfalques para escalar o Corinthians. Ao contrário: pode ganhar duas opções. O volante colombiano Cantillo está melhor fisicamente após se curar do coronavírus e o atacante Everaldo recuperou-se de dores musculares. O argentino Boselli continua fora depois de passar por cirurgia no rosto.

Assim como Jô, Tiago Nunes disse que o adversário da semifinal não é zebra. "Não tem nada de zebra, o Mirassol chegou por méritos próprios, por seu esforço, qualidade de jogo, seu grande trabalho. Respeitamos muitos eles. Sabemos que têm uma equipe competitiva, que tenta jogar um bom futebol, teremos que fazer um grande jogo para conquistar a vaga na final."

Do lado do Mirassol, o técnico Ricardo Catalá admitiu que não imaginava estar na semifinal do Paulistão. “O futebol nem te permite pensar muito o futuro. No futebol você só pensa o que vai ter daqui três dias. Sempre tem um desafio que te impede de pensar muito lá adiante. O futebol vive de resultados”, disse ao Estadão.

A tendência é de que Catalá não faça alterações na equipe que iniciou o jogo com o São Paulo. O técnico perdeu 18 jogadores durante a paralisação, promoveu jovens da base e conta com a estrela de Zé Roberto, inscrito na última terça-feira e que fez dois gols no Morumbi.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS x MIRASSOL

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos; Gabriel, Éderson e Ramiro; Luan, Mateus Vital e Jô. Técnico: Tiago Nunes.

MIRASSOL - Kewin; Daniel Borges, Danilo Boza, Reniê e Moraes; Alison Silva, Du, Kauan e Juninho; Zé Roberto e Bruno Motta. Técnico: Ricardo Catalá.

ÁRBITRO - Vinicius Gonçalves Dias Araújo.

HORÁRIO - 16 horas.

LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.