Paulo Pinto/AE
Paulo Pinto/AE

Corinthians busca vitória com uma grande exibição

Técnico Mano Menezes exige triunfo convincente diante do Sport Recife nesta quinta-feira pelo Brasileirão

Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

15 de julho de 2009 | 20h28

No começo da temporada, o técnico Mano Menezes não escondia que valia mais o resultado do que o espetáculo. Em quase todas as entrevistas, ele tinha de falar do futebol burocrático da equipe do Corinthians. Agora, sete meses depois, sua exigência é por uma grande apresentação no jogo desta quinta-feira, contra o Sport, a partir das 21 horas, no Pacaembu. "E com a vitória, claro, pois temos de nos aproximar do pessoal lá de cima (os primeiros colocados do Brasileirão)", avisou o comandante corintiano - o confronto terá acompanhamento online do estadao.com.br e transmissão ao vivo pela rádio Eldorado/ESPN, também no FM 107,3.

 

Veja também:

 linkWilliam fora do Corinthians nos próximos 2 jogos

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

Mano Menezes ficou indignado com a apatia da equipe no jogo contra o Grêmio, no último domingo, em Porto Alegre. A derrota por 3 a 0 na volta ao Estádio Olímpico, palco do rebaixamento corintiano em 2007, acabou saindo barato diante do grande domínio do adversário. "Em casa, temos uma responsabilidade maior. Mas o que queremos mesmo é fazer um belo jogo novamente", cobrou o treinador, lembrando que o confronto com o Sport é uma reedição da final da Copa do Brasil de 2008, vencida pelo clube pernambucano. "E sem ficar pensando no que aconteceu ano passado."

 

O Sport foi responsável pela última grande decepção dos corintianos. Após a derrota na final da Copa do Brasil de 2008 (2 a 0 em Recife), o Corinthians embalou e conquistou três títulos seguidos - Série B, Paulistão e Copa do Brasil. Mesmo assim, há torcedores pedindo uma goleada como revanche. Mas Mano Menezes descarta esse tipo de pensamento, pois diz ser perigoso.

 

A ordem, inclusive, é não menosprezar o rival, comandado pelo técnico Emerson Leão. "Vai

 Corinthians
Felipe; Diogo, Chicão, Diego e André Santos; Cristian, Jucilei e Douglas; Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo
Técnico: Mano Menezes
 Sport Recife
Magrão; César, Juliano e Durval; Élder Granja, Hamilton, Sandro Goiano ou Dudé, Fabiano e Dutra; Guto e Weldon
Técnico: Émerson Leão
Árbitro: Carlos Eugenio Simon (FIFA/RS)

Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)

Horário: 21 horas

Rádio: Eldorado/ESPN - AM 700 Khz; FM 107,3

ser um jogo muito difícil. O Sport é um time que joga com linha de três zagueiros, mas que, mesmo fora de casa, parte para cima dos adversários. Foi assim diante do Santos, na Vila Belmiro", explicou Mano Menezes, lembrando que o time santista ganhou o jogo citado por ele, mas só fez 1 a 0 nos minutos finais, após passar por momentos de sufoco.

 

O grande aliado para não sofrer diante do Sport nesta quinta-feira é o estádio do Pacaembu. Atuando em seu palco predileto, o Corinthians buscará sua 16ª vitória em casa nesta temporada - além disso, foram mais cinco empates e apenas uma derrota (com time reserva, diante do Internacional, por 1 a 0). "Mas não basta apenas isso. Temos de ter personalidade, concentração e competência. Nada de achar que ganharemos só por estar em casa", disse Mano Menezes.

 

Sobre o time, Mano Menezes não terá três jogadores titulares no jogo desta quinta-feira. O zagueiro William segue com dores no pé direito, enquanto o lateral-direito Alessandro e o volante Elias irão cumprir suspensão. Sem grande mistério, o treinador já confirmou quem entra no time corintiano: Diogo joga na lateral, Diego faz dupla de zaga com Chicão e Jucilei ocupa a vaga no meio-de-campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.