Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Vítor Pereira despista sobre busca do Corinthians por camisa 9: 'Não tenho uma lista'

Treinador português disse que não enviou nomes para a posição à diretoria do clube: 'Esses assuntos são internos'

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2022 | 08h00

Vítor Pereira vai ter dificuldades para escalar um centroavante para o clássico com o Santos no próximo sábado pelo Brasileirão, às 19h. Artilheiro do time em 2022 com oito gols, Róger Guedes recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso, enquanto deixou o clube e Júnior Moraes ficou fora da vitória sobre o Goiás domingo por problemas alérgicos. O treinador português despistou sobre a busca por um camisa 9 na próxima janela de transferências e disse que não entregou lista com possíveis nomes à diretoria.

"O clube sabe perfeitamente que nós estamos com alguns problemas em termos de soluções (opções), já tivemos bem mais no início do campeonato e (a diretoria) está consciente disso para fazer o possível. Não tenho lista alguma porque não sou de entregar listas", disse o treinador, que despistou sobre sugerir possíveis contratações. "Esses assuntos são internos".

Vítor Pereira voltou a citar a falta de opções no elenco com os sucessivos desfalques e disse que se adapta às circunstâncias de um calendário bastante exigente. "Para ter uma equipe competitiva em todos os jogos, eu precisava ter um plantel muito mais extenso, com jogadores que conseguissem dar uma resposta física de nível alto. Eu olho para outras equipes e as armas são muito diferentes. Não podemos comparar com o incomparável. Tenho feito o que posso", lamentou. 

Para a posição de camisa 9 diante do Santos, o Corinthians até conta com os garotos Felipe, Giovane e Wesley, que já colecionaram minutos na temporada, mas os jovens têm pouca rodagem e não devem começar jogando o clássico. A tendência é que Júnior Moraes esteja liberado para atuar. O jogador de 35 anos chegou ao clube do futebol ucraniano em março, mas ainda não convenceu: fez apenas um gol em 416 minutos em campo, equivalente a quase cinco partidas.

Antes de enfrentar o Santos pelo Brasileirão no sábado, o Corinthians enfrenta o próprio rival na quarta-feira, na Neo Química Arena, às 21h30, mas pela Copa do Brasil. Vale vaga. O fim de junho e início de julho reserva partidas decisivas. A equipe também fará os jogos de ida e volta contra o Boca Juniors pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansfutebolVitor Pereira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.