Corinthians: cobranças a Carlos Alberto

O Corinthians nem entrou em campo para enfrentar o Atlético-PR e os jogadores já começaram a sentir a cobrança dos torcedores pela volta dos bons resultados. Nesta sexta-feira, no embarque do time para Curitiba, em Congonhas, em São Paulo, os jogadores tiveram de ouvir várias reclamações de corintianos que passavam pelo aeroporto. O mais cobrado foi Carlos Alberto. ?Vamos jogar futebol agora, Carlos Alberto !?, protestou um torcedor, que não se indentificou. O meia chegou ao aeroporto com cara de poucos amigos, não falou com os repórteres e deu de ombros para o torcedor. Já o zagueiro Betão não escondeu a irritação. Diante de um torcedor que gritou estar ?envergonhado de torcer para esse time?, o jogador respondeu: ?Ponha chuteiras e vá jogar, então?. O torcedor, que também não se identificou, discutiu com um membro da comissão técnica e só não chegou às vias de fato em razão da presença das câmeras de televisão e dos jornalistas no local. Além da busca pela primeira vitória, os corintianos estão empenhados em levantar o astral de Tevez, que estaria passando por problemas particulares. Na viagem para Curitiba, o argentino continuava cabisbaixo e com olhar distante. Betão ficou o tempo todo ao seu lado. Para amenizar sua tristeza, ganhou folga da diretoria: depois do jogo contra o Atlético-PR, o meia vai para a Argentina ver sua filha Florencia e só volta terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.