Corinthians coloca time à disposição

O Corinthians tem um time inteiro para mandar embora. A ordem no Parque São Jorge é reduzir a folha de pagamento. Por isso, a diretoria deverá colocar à disposição de clubes interessados esta equipe: Gléguer; Índio, Marquinhos, Batata e Édson Canhão; Rodrigo Pontes, Andrezinho, Luciano Ratinho e Leandro; Édson Di e Fernando Baiano.O novo técnico do clube, Carlos Alberto Parreira, deverá receber o elenco já "enxuto" para a temporada de 2002. O treinador vai ser apresentado quinta-feira ao time, na volta das férias dos atletas. Em seguida, o Corinthians deverá fazer uma pré-temporada em Serra Negra.Parreira não deve se reunir com a diretoria antes da sua apresentação ao elenco. O vice-presidente de futebol do clube, Antonio Roque Citadini, deverá voltar nesta segunda-feira de uma viagem ao Exterior. Só mesmo a partir de quinta-feira é que a diretoria e a comissão técnica vão discutir os planos para a temporada.A situação do atacante Luizão é outro problema para o Corinthians. Embora o jogador tenha contrato com o clube, seu empresário, Francisco Monteiro, o Todé, admitiu que há clubes da Espanha e da Itália interessados no futebol do jogador. A diretoria corintiana, pensando no retorno financeiro, havia comentado que não iria dificultar a transferência do atleta para a Europa.O Corinthians poderá estudar um troca-troca com o Flamengo para recuperar os US$ 2 milhões que o clube carioca lhe deve, pela transferência de Edílson para a Gávea. O Flamengo propôs dar 50% do passe de Petkovic, em troca de outros 50% do meia Ricardinho e mais o perdão da dívida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.