Corinthians começa limpeza no elenco

O Corinthians começou nesta sexta-feira a enxugar o elenco para a temporada 2002, com o empréstimo do atacante Fernando Baiano para o Internacional de Porto Alegre por um ano. O técnico Carlos Alberto Parreira recebeu 33 jogadores, mas sua intenção é trabalhar, no máximo, com 26. Além dos atletas que não fazem parte dos planos do clube, o treinador terá de abrir espaço para as possíveis contratações. Assim, a diretoria corintiana está desde quinta-feira empenhada em negociar Gléguer, Yamada, Índio, Rodrigo Pontes, Andrezinho e Édson Canhão.Dos atletas que terminaram 2001 em outras equipes, o zagueiro Fábio Luciano e o atacante Luís Mário deverão ser reintegrados ao elenco corintiano. Os dois estavam no futebol gaúcho: Fábio Luciano atuou no Internacional e Luís Mário jogou pelo Grêmio, ao fazer parte do time que conquistou a Copa do Brasil.Luís Mário veio do Mogi Mirim em 1999, e admitiu que finalmente chegou o momento de ser valorizado no Corinthians. Ele está discutindo a renovação de contrato com a diretoria do clube. "Mas não está fácil", revelou o atacante. "Fui muito bem no Grêmio e quero agora ser reconhecido como um grande jogador, que no Grêmio até mudou sua característica. Saí do meio-de-campo para atuar no ataque. Essa agora é a minha nova posição, e pretendo brigar por uma vaga para formar dupla com Luizão.?Fábio Luciano não teve tanta dificuldade para resolver sua situação. O zagueiro renovou o contrato por dois anos e está agora disposto a voltar a ser titular da equipe. Ele também afirmou que o período que ficou fora do Parque São Jorge, no ano passado, foi importante para recuperar o prestígio. "Tive problemas aqui, mas agora está tudo separado e vou provar meu valor. Parreira já avisou que vai montar zaga com que estiver na melhor fase, ninguém ainda é titular. Portanto, as chances são iguais para todo mundo."O elenco do Corinthians pôde trabalhar com mais tranqüilidade nesta sexta-feira, sem a manifestação da torcida Gaviões da Fiel, como ocorreu na quinta. Os jogadores foram submetidos a testes físicos e de capacidade orgânica. Os treinos vão continuar sábado, domingo e segunda, quando a delegação viajará para Serra Negra. É lá que Parreira começará a organizar a equipe dentro do seu esquema para a estréia no Torneio Rio-São Paulo, dia 20, contra o Fluminense.

Agencia Estado,

04 de janeiro de 2002 | 17h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.