Evelson de Freitas/AE - 13/1/2011
Evelson de Freitas/AE - 13/1/2011

Corinthians começará obras do estádio em Itaquera na segunda-feira

Construção começa sem garantia financeira e com terraplenagem, prevista para acabar em 3 meses

AE, Agência Estado

27 de maio de 2011 | 18h09

SÃO PAULO - Em comunicado oficial conjunto, o Corinthians e a construtora Odebrecht anunciaram nesta sexta-feira que as obras do novo estádio em Itaquera, na zona leste de São Paulo, terão início na próxima segunda-feira, dia 30 de maio. Os três primeiros meses de trabalho serão dedicados à terraplenagem do terreno e, durante este período, não haverá contratação de pessoal diretamente no local.

Na última terça-feira, Corinthians e Odebrecht haviam assinado um contrato para fazer o serviço inicial de terraplenagem a um preço fechado enquanto discutiam o restante do orçamento. No dia seguinte, a prefeitura de São Paulo publicou portaria autorizando a instalação do canteiro de obras.

A pressa se justifica não apenas pela pressão da opinião pública e da Fifa, mas também porque os serviços de terraplenagem precisam acontecer antes da chegada do período de chuvas na cidade, no verão. O ideal é que as escavações também sejam realizadas durante a estiagem.

O anúncio do início das obras acontece no mesmo dia em que a Fifa se pronunciou a respeito da situação do município de São Paulo em relação à Copa. A maior cidade do País perdeu o Centro de Imprensa para o Rio e corre sério risco de não receber a abertura do Mundial. Também já está definitivamente fora da Copa das Confederações de 2013, evento teste para a competição do Mundial 2014.

A obra começa sem ainda ter uma garantia financeira. Cerca de R$ 240 milhões virão em forma de isenção de impostos municipais (por meio de Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento). Outros R$ 400 milhões deverão ser tomados por empréstimo junto ao BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento). O estádio está orçado pela construtora em mais de R$ 1 bilhão, mas o Corinthians ainda tenta diminuir esse valor.

Com tantas indefinições e dificuldades para conseguir as licenças necessárias, os prazos para o início das obras do novo estádio corintiano foram sendo seguidamente postergados nos últimos meses. Agora, porém, o começo do trabalho foi marcado oficialmente. Assim, a cidade de São Paulo finalmente poderá ver sair do papel a arena que receberá os jogos da Copa do Mundo de 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.