Reprodução/Montreal Impact
Reprodução/Montreal Impact

Corinthians concorda com exigências de Drogba e aguarda resposta para fechar negócio

Flávio Adauto, diretor de futebol do clube, não colocou prazo para a negociação

O Estado de S.Paulo

14 de janeiro de 2017 | 11h54

O diretor de futebol do Corinthians, Flávio Adauto, afirmou neste sábado que o clube aceitou os pedidos feitos pelo atacante Didier Drogba e disse que a negociação continua em andamento. "As exigências do atleta são normalíssimas, e o presidente (Roberto de Andrade) já concordou com elas. Não tem nada descabido. Demos um passo, subimos um degrau. Agora nos resta esperar", explicou Adauto.

Segundo o dirigente, a resposta do Corinthians já foi enviada a um representante do jogador. Adauto, no entanto, não quis dar um prazo final para que o negócio seja concretizado. "Se é para hoje ou para amanhã eu não sei", diz.

Drogba se enquadrará na faixa salarial do clube. O ex-atacante do Chelsea, que está sem clube, deve receber cerca de R$ 350 mil, além de bônus por produtividade, o que chegaria próximo dos R$ 500 mil mensais por um contrato de uma temporada. 

"A negociação (de Drogba) está dentro dos padrões do Corinthians. A expectativa nossa é positiva. O torcedor pode ficar tranquilo que a parte financeira vai ser controlada. Não vamos fazer loucuras", afirmou.

Segundo o dirigente, a contratação já é um consenso entre os departamentos de futebol e marketing. Adauto disse ainda que Fábio Carille concorda com a vinda do atacante, negando a versão de que o treinador teria sido contratário a contratação.

Drogba, de 38 anos, estava no Montreal Impact, onde atuou por duas temporadas. No ano passado, fez 10 gols em 27 jogos, mas passou boa parte da temporada no banco de reservas e, irritado por ser pouco aproveitado, pediu para deixar o clube. Em 2015, porém, teve a boa marca de 12 gols em 14 partidas.

EMPRESÁRIO NEGA NEGOCIAÇÃO

A comentada negociação do Corinthians com o marfinense Didier Drogba nunca aconteceu, pelo menos de acordo com o empresário do jogador. Neste sábado, em entrevista ao jornal francês L'Equipe, o agente Tcherno Seydi negou qualquer tipo de contato com o clube brasileiro para a contratação do centroavante de 38 anos.

"Nós nunca estivemos em contato com o Corinthians. Precisamos parar com estes rumores", declarou Seydi, que também fez questão de descartar qualquer possibilidade de retorno de Drogba ao Olympique de Marselha, como vem sendo cogitado na imprensa francesa.

Apesar da negativa, Flávio Adauto disse que Drogba tem mais de um agente e que, portanto, a declaração de Tcherno Seydi não altera a posição do Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.