TV Estadão | 03.03.2015
TV Estadão | 03.03.2015

Corinthians confirma atraso de Emerson, mas nega corte de jogo

Clube alega que atacante tem lesão no joelho direito.

O Estado de S.Paulo

03 Março 2015 | 18h15

O diretor de futebol do Corinthians, Sergio Janikian, confirmou nesta terça-feira, em Buenos Aires, onde a equipe enfrenta o San Lorenzo, quarta-feira, pela Libertadores, que Emerson Sheik chegou atrasado ao treino de domingo no CT do Parque Ecológico. O dirigente, no entanto, disse o que o corte do atacante da viagem à Argentina não tem relação com o atraso. Oficialmente, o clube alega que o jogador ficou em São Paulo para tratar de uma inflamação no joelho direito.

Sheik, 36 anos, ficou fora dos três últimos jogos do Corinthians no Campeonato Paulista, contra Ituano, Linense e Mogi Mirim. A expectativa era que o atacante voltasse diante do San Lorenzo e Emerson chegou a treinar normalmente com os titulares na segunda-feira. Após a atividade, veio a notícia de que o jogador estava fora da partida.

 

Elias, um dos titulares que treinou no domingo disse nesta terça-feira, em Buenos Aires, que não viu Emerson chegar atrasado. Mas fez questão de lembrar que as regras e horários determinadas pela comissão técnica têm de ser respeitadas por todos.

“Eu não vi nada. Se ele chegou atrasado, há regras que têm de ser cumpridas. Independentemente do jogador e da importância que ele tenha para o grupo. Se teve isso, a diretoria vai conversar com ele. Jogadores profissionais cumprem horários. Qualquer um que chega atrasado atrapalha o companheiro”, disse o volante.

GUERRERO

O atacante foi liberado pela diretoria para resolver problemas particulares no Peru. Guerrero é esperado de volta ao CT do Parque Ecológico quinta ou sexta-feira. O peruano cumpre contra o San Lorenzo, o terceiro e último jogo da suspensão imposta pela Conmebol por ter dado um tapa na cara de um adversário na estreia da equipe na pré-Libertadores, contra o Once Caldas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.