Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Corinthians confirma Mateus Vital no lugar de Rodriguinho na Libertadores

Meia será titular na estreia nesta quarta-feira diante do Millonarios, na Colômbia

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2018 | 20h05

O técnico Fabio Carille confirma o meia Mateus Vital, de 20 anos, como substituto de Rodriguinho na estreia da Libertadores, nesta quarta-feira, diante do Millonarios, em Bogotá, na Colômbia. O titular está suspenso por ter sido expulso na última partida da Copa Sul-Americana do ano passado, quando o Corinthians foi eliminado pelo Racing.

Corinthians anuncia chegada de Mateus Vital

"Matheus Vital será o escolhido para começar o jogo. É a mesma característica do Rodriguinho, meia-atacante, com boa finalização, boa qualidade técnica", justificou o treinador em entrevista coletiva em Bogotá na tarde desta terça-feira.

Com isso, a escalação do Corinthians será praticamente a mesma que venceu o Palmeiras no sábado, por 2 a 0, pelo Campeonato Paulista. O treinador mantém a equipe sem uma referência no ataque, o camisa 9. Romero será o atacante mais adiantado.

Aos 19 anos, Mateus era uma das principais promessas do Vasco, seu antigo clube.  Ele teve seu primeiro ano completo como profissional em 2017. Ele foi titular em boa parte da temporada e atuou em 30 partidas, marcando dois gols. Carille afirma que sua atuação no clássico foi importante para que fosse escolhido.

"O que eu vejo são os treinos. Ele entrou muito bem no clássico. Ele não jogou Libertadores, mas tem clássicos. É um jovem, tem dado toda tranquilidade pelo o que ele fez em campo e nos treinos", disse o treinador.

O treinador espera um jogo difícil em Bogotá. "É um jogo difícil, não sei ainda qual será a estratégia do técnico deles, que tem variado bastante do 4-1-4-1 para o 4-2-3-1, com a entrada do Montoya. É esperar definir a escalação para definir qual será a proposta", revelou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.