Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians confirma ex-auxiliar Osmar Loss como novo treinador

Estreia do comandante corintiano será nesta quinta-feira, contra o Millonarios

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2018 | 23h04

Antes que o assunto se tornasse mais uma novela, logo depois de confirmar a saída de Fábio Carille, o Corinthians anunciou que Osmar Loss é o novo técnico da equipe. Ele era auxiliar do treinador e o nome mais cotado para ficar com a vaga. Sua estreia será nesta quinta-feira, contra o Millonarios, na Arena Corinthians.

+Carille deixa o Corinthians e acerta com o Al-Wehda, da Arábia Saudita

+ Conheça Osmar Loss, o novo técnico do Corinthians

No Corinthians, Loss chegou em 2014 e conquistou cinco títulos na base alvinegra. Foram dois Paulistas sub-20 (2014 e 15), um Brasileiro sub-20 (2014) e duas Copinhas (2014 e 2016), em que comandou a equipe em 34 jogos, com 31 vitórias, dois empates e uma derrota. O ex-volante Fabinho, que já fazia parte da comissão técnica, deve ser seu auxiliar técnico.  

No fim de 2016, quando o Corinthians estava sem treinador,  o nome de Loss chegou a ser comentado, mas o presidente da época, Roberto de Andrade, optou pela efetivação de Carille, que já era auxiliar técnico, enquanto Loss estava na base.

O Corinthians divulgou um vídeo de boas vindas para o novo treinador

Aos 42 anos e natural de Passo Fundo, cidade gaúcha de onde saiu também Luiz Felipe Scolari, Loss tem uma frase que já virou sua marca: “Preguiçoso não tem lugar no futebol”. O recado é dado sempre que percebe alguém rendendo menos do que o esperado. Estudioso, é fã do estilo José Mourinho e prima pela defesa impecável. 

Membros da comissão técnica contam que ele tem um estilo parecido com o de Carille, embora seja mais enérgico. A relação entre os dois é ótima e o atual comandante alvinegro é uma referência para ele. “É um exemplo para mim. Foi auxiliar durante oito anos e não escondeu o desejo de ser treinador. Tenho maturidade para saber que vou fazer o meu melhor, colocando-me no momento adequado. Vejo como um avanço na minha carreira”, disse Loss quando virou auxiliar.

 

Mais conteúdo sobre:
CorinthiansfutebolOsmar Loss

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.