Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians confirma venda de Araos ao mexicano Necaxa; Willian treina normalmente

Equipe alvinegra já começa a planejar a próxima temporada, mas os próximos passos dependem da classificação para a Libertadores

Redação, Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2021 | 16h15

O Corinthians confirmou nesta segunda-feira a saída do meia Ángelo Araos. O clube informou que acertou a venda de 50% dos direitos econômicos do atleta com o Necaxa. O jogador, inclusive, já foi liberado para viajar ao México, onde realizará exames e assinará com seu novo clube.

O clube optou por não divulgar os valores da negociação, mas especula-se que giram na casa dos R$ 5,6 milhões. Araos tem 24 anos e atuou em 61 jogos com a camisa alvinegra, com apenas um gol marcado. Ao todo foram: 17 vitórias, 23 empates e 21 derrotas, sendo 26 jogos como titular.

A sua despedida pelo clube aconteceu no dia 12 de setembro, quando o Corinthians empatou com o Atlético Goianiense por 1 a 1, no Campeonato Brasileiro. Ele ficou em campo por apenas quatro minutos. No entanto, não vinha recebendo oportunidade com o técnico Sylvinho.

WILLIAN TREINA

A saída de Araos não foi a única novidade no Corinthians nesta segunda-feira. Principal contratação da equipe para a temporada 2021, Willian treinou normalmente com o grupo e pode ser relacionado para a partida contra o Flamengo, nesta quarta-feira, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O jogador segue em transição com a preparação física, mas pode aparecer como opção frente ao Flamengo. Por outro lado, Giuliano e Renato Augusto foram preservados para controle de carga.

Com dúvidas na lateral e no meio, Sylvinho deve apostar na seguinte formação contra o Flamengo: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Lucas Piton (Fábio Santos); Gabriel; Gabriel Pereira (Gustavo Mosquito), Giuliano, Renato Augusto e Roger Guedes; Jô.

A vitória, por 3 a 2, diante do Cuiabá, levou o Corinthians aos 50 pontos, na quinta colocação, cada vez mais próximo de uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.