Gustavo Magnusson/AE - 7/3/2012
Gustavo Magnusson/AE - 7/3/2012

Corinthians contrata filho de Rivaldo para atuar nas bases

O garoto tem 17 anos e acertou contrato de empréstimo de três anos com o clube alvinegro

Vítor Marques, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2012 | 18h57

SÃO PAULO - O Corinthians acertou nesta quarta-feira a contratação de Rivaldo Júnior, filho do campeão mundial de 2002, Rivaldo. O garoto, com 17 anos, vai reforçar a base do time do Parque São Jorge. Rivaldo Júnior é chamado de Juninho. Ele não pretende, por enquanto, usar no futebol seu primeiro nome. Seu contrato com o Corinthians é de empréstimo por três anos.

Juninho defendia as categorias inferiores do Mogi Mirim, que é administrado por seu pai. A transferência faz parte de um acordo costurado pelo Corinthians. "É uma parceria que o Corinthians tem com o Mogi Mirim. É uma filosofia do clube de garimpar talentos em outras equipes para incorporar à base do Parque São Jorge", explicou o diretor da base corintiana, Fernando Alba.

Rivaldo Júnior é meia-atacante, assim como o pai. Seu vínculo com o Corinthians vai até agosto de 2015. O clube da capital, no entanto, ressalta que o parentesco com o ex-atleta não foi determinante para a contratação. "Não o contratamos porque ele é filho do Rivaldo. Ele tem potencial. Na verdade, ser filho do Rivaldo pode até ter uma pressão a mais sobre o garoto", disse Alba.

Rivaldinho foi destaque do meninos de sua idade no Mogi. Ele se parece fisicamente muito com o pai, que começou no Corinthians, mas que brilhou mesmo no Palmeiras. Rivaldo, pai, nasceu para o futebol no Santa Cruz e ganhou fama já no tempo do Mogi, quando ajudou a formar o "Carroção Caipira", comandado por Vadão, que tinha Leto, Rivaldo e Válber como astros. Rivaldo atuou no Corinthians, mas brilhou mesmo foi no Palmeiras, antes de ganhar a Europa, sobretudo com o Barcelona, e o resto do mundo.

Juninho tem, portanto, DNA de craque. Seu pai foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa em 1999, encantando o mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansRivaldoJuninho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.