Corinthians cria posto em Portugal para ajudar jovens

Projeto visa o crescimento profissional de jogadores da base

Agência Estado

11 de janeiro de 2014 | 18h09

SÃO PAULO - O Corinthians revelou neste sábado que abriu um escritório em Portugal para alavancar oportunidades para os jovens atletas do clube na Europa. Segundo a diretoria do clube, o objetivo é ajudar na formação e no crescimento profissional dos jogadores da base do Corinthians que já ultrapassaram a idade limite das categorias menores e ainda não receberam uma oportunidade no elenco profissional.

Afonso Luiz Armonia, integrante do departamento de formação de atletas, é quem está trabalhando em Portugal para cuidar dessa iniciativa. "Trata-se de um país muito próximo ao Brasil, por toda a história, cultura, por falarmos a mesma língua. Isso ajuda muito na adaptação do jogador que sai do nosso país e vai para lá", explica Fernando Alba, diretor de futebol de base do Corinthians.

Além de tratar da alocação de atletas de base em clubes lusitanos, o Corinthians também aproveitará a iniciativa para monitorar a evolução desses jovens jogadores. "Nosso funcionário em Portugal também vai acompanhar e ajudar no gerenciamento da carreira dos atletas, como uma forma de análise para aproveitamento futuro", completa Alba.

O Corinthians ressalta, no seu site oficial, que a observação de novos jogadores em Portugal não é prioridade, uma vez que o foco está no trabalho com os atletas da base corintiana.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansPortugaljovens

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.