Corinthians dá prazo para reforços

Cansada de esperar por respostas, a diretoria do Corinthians decidiu estabelecer um prazo para que as negociações ainda pendentes sejam concluídas. Estipulou-se que os cartolas vão aguardar até quarta-feira a manifestação de jogadores e empresários. A intenção é de que o grupo esteja completo já na reapresentação, marcada para o dia 12, quando a delegação segue para Extrema-MG, onde será realizada a pré-temporada. A estréia no Campeonato Paulista será no dia 21, em Sorocaba, contra o Atlético.Em princípio, os dirigentes haviam estipulado a sexta-feira como data limite. Porém, resolveram antecipar a fim de ter dois dias para cuidar da parte burocrática, ou seja, o registro tanto na Federação Paulista de Futebol (FPF) como na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).Dessa forma, atletas como Gilberto, lateral-esquerdo que disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Grêmio, e os atacantes Marcelo Ramos e Alex Mineiro terão de se movimentar se quiserem estar no Parque São Jorge neste temporada.O problema que dificulta a transferência de Gilberto é o fato de seus empresários, Reinaldo Pitta e Alexandre Martins (os mesmo de Ronaldo), estarem enfrentando sérios problemas com a Justiça. Os dois estão detidos, acusados de remessa ilegal de divisas e lavagem de dinheiro."O Gilberto está completamente perdido com essa situação. Simplesmente não sabe o que fazer, pois toda carreira dele era comandada pela dupla de empresários", explicou o vice-presidente de futebol do Corinthians, Antonio Roque Citadini.Em relação aos atacantes, as propostas já foram encaminhadas e são definitivas. Aquele que responder primeiro fica com a vaga, já que Dimba (artilheiro do Brasileiro pelo Goiás, com 31 gols), outro procurado pelos dirigentes corintianos, deve ir para a Arábia Saudita.

Agencia Estado,

03 de janeiro de 2004 | 19h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.