Corinthians decide seu futuro na Libertadores

Três times brasileiros começam na noite desta quarta-feira a definir seus destinos na Copa Libertadores da América. A situação mais complicada é a do Corinthians, que recebe o Tigres, às 21h45, no Pacaembu (com transmissão da Globo), e precisa da vitória para voltar à zona de classificação do grupo 4.O líder é a Universidad Católica, que nesta terça bateu o Deportivo Cali por 2 a 1, em Santiago, e foi a 7 pontos, um a mais que o Tigres. O Corinthians tem 4 pontos, e, se vencer por três gols de diferença, assume a liderança da chave.O técnico interino Ademar Braga poderá escalar o time completo. O destaque é a volta do atacante argentino Carlitos Tevez, recuperado de uma pancada no joelho. O único desfalque é o volante Marcelo Mattos, suspenso por causa da expulsão no jogo de ida contra o Tigres, no México, em que o Corinthians foi derrotado por 2 a 0.O Internacional está em posição mais confortável. Líder do grupo 7, com 7 pontos, ao lado do Nacional, do Uruguai, que tem uma partida a mais, o vice-campeão brasileiro recebe o Pumas, às 21h45, no Beira-Rio, e fica muito perto da classificação para as oitavas-de-final com uma vitória.O técnico Abel Braga exige respeito ao time mexicano, que ainda não ganhou nenhum ponto em três jogos disputados - no México, o Inter venceu por 2 a 1 - e vem ao Brasil desfalcado de cinco titulares, entre eles o meia brasileiro Leandro Augusto.Se o Inter pode ficar mais perto da vaga, o Goiás voltará classificado da Argentina se vencer o Newell´s Old Boys, às 19h30, em Rosario. Melhor brasileiro da Libertadores até agora, com três vitórias em três jogos, o time goiano tem um desfalque certo na partida desta quarta: o meia Romerito, um dos artilheiros da competição, com quatro gols. Ele sofreu uma contratura muscular no jogo contra o Vila Nova, domingo, pelo Campeonato Goiano, e deve voltar a jogar apenas daqui a 20 dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.