Corinthians derrota a Ponte Preta e amplia vantagem

Numa tarde de sábado fria e chuvosa em São Paulo, o Corinthians conquistou uma importante vitória rumo ao acesso à Série A. O líder do campeonato venceu a Ponte Preta por 3 a 0, pela 26.ª rodada da Série B, e ampliou a diferença sobre os adversários mais próximos.Com o resultado, o Corinthians chegou a 58 pontos e tem 11 de vantagem sobre os vice-líderes - Vila Nova e Santo André -, e 13 sobre o quinto colocado Bragantino, o primeiro fora da zona de classificação. A Ponte Preta segue com 40 pontos e ficou mais longe do G-4.Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o Bragantino, no Pacaembu, na quarta-feira. Na véspera, a Ponte Preta encara o Santo André, fora de casa, no Bruno José Daniel.JOGO CORRIDO - Jogando contra uma Ponte Preta bastante combativa, o Corinthians teve de insistir muito, e fazer uma estranha variação de jogada, para abrir o placar. Aos 22, o lateral-esquerdo André Santos iniciou jogada pela direita e tocou para Dentinho, que cruzou na primeira trave para Herrera.Na disputa com o marcador, o atacante corintiano perdeu a bola, que sobrou novamente para André Santos, que cruzou rasteiro para o zagueiro Chicão, sozinho, só desviar para o gol.PRESSÃO ATÉ A EXPULSÃO - Após sofrer o gol, a Ponte foi para cima do Corinthians. No entanto, o time campineiro facilitou a tarefa da zaga corintiana ao apostar nos cruzamentos. A pressão da Ponte durou somente até a marca de dois minutos do segundo tempo, quando Gum foi expulso. O zagueiro fez duas faltas quase seguidas, reclamou acintosamente após a marcação da segunda e acabou levando o vermelho, o único cartão do jogo.Com um a mais, o Corinthians passou a dominar o jogo, tocando a bola sempre no campo de ataque e buscando as jogadas pelas pontas. O time esteve perto de ampliar o placar, mas pecou no próprio capricho, com preciosismo excessivo nas finalizações.No final do jogo o Corinthians resolveu acertar o alvo. Aos 44, Herrera fez boa jogada individual pela direita, invadiu a área e tocou, na saída de Aranha, para Morais, que só desviou para fazer o seu primeiro gol com a camisa do time. Dois minutos mais tarde, Herrera recebeu impedido, invadiu a área e tocou na saída de Aranha para Douglas completar para o gol vazio e fechar o placar em 3 a 0.Ficha Técnica:Corinthians 3 x 0 Ponte PretaCorinthians - Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Carlos Alberto (Bruno Octavio), Elias, Morais (Careca), Douglas; Dentinho (Wellington Saci) e Herrera. Técnico: Mano Menezes.Ponte Preta - Aranha; Raulen, Marinho, Gum e César; Jairo, Raulen, Willian (Luciano Sorriso) e Renato; Leandrinho (Danilo Neco) e Luís Ricardo (Neto Baiano). Técnico: Paulo Bonamigo.Gols - Chicão, aos 22 minutos do primeiro tempo; Morais, aos 44, e Douglas, aos 46 minutos do segundo tempo.Cartão amarelo - Não houve.Cartão vermelho - Gum.Árbitro - Wagner Tardelli (Fifa-SC).Renda - R$ 378.230,00Público - 23.814 espectadores.Local - Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.