Corinthians derrota o Bahia e quebra jejum de 11 anos

Alvinegro vence em Feira de Santana por 3 a 0, chega aos 67 pontos e pode subir na próxima semana

André Rigue, estadao.com.br

18 de outubro de 2008 | 17h53

O Corinthians voltou com um bom resultado de Feira de Santana. Neste sábado, o clube suportou a pressão e o calor no Estádio Jóia da Princesa para derrotar o Bahia por 3 a 0, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o placar, o alvinegro foi para 67 pontos e pode voltar à elite já na próxima semana, contra o Ceará. Veja também:Dentinho dedica gols às meninas seqüestradas em Santo André  Brasileirão Série B - Classificação  Brasileirão Série B  - Calendário e resultados Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Ouça os gols do jogo no Território Eldorado/ESPN Na Bahia, o Corinthians completou o 14.º jogo sem derrota e voltou a somar três pontos depois de três empates seguidos. De quebra, o time de Parque São Jorge ainda acabou com um incômodo tabu: não vencia o tricolor baiano havia 11 anos - o último triunfo tinha sido por 2 a 1, na Fonte Nova, em setembro de 1997. No jogo deste sábado, o técnico Mano Menezes teve três problemas para armar o Corinthians. Ele não pôde contar com o zagueiro Chicão, suspenso, o lateral André Santos e o atacante Herrera, machucados. Com isso, ganharam chance o zagueiro Fábio Ferreira, o lateral Wellington Saci e o atacante Bebeto. Apesar das mudanças, o Corinthians, de uniforme roxo, começou num ritmo forte e abriu o placar logo aos 8 minutos. Ap  Bahia0Darci; Alison     (Fábio), Cléber Carioca e Rogério; Luciano Baiano (Caio), Fausto, Emérson Cris     (Willames), Danilo Cruz e Ávine; Paulo Roberto e Marcelo RamosTécnico: Ferdinando Teixeira Corinthians3Felipe; Alessandro, Fábio Ferreira, William e Wellington Saci; Cristian, Elias, Douglas e Morais; Dentinho (Lulinha) e Bebeto     (Otacílio Neto)Técnico: Mano MenezesGols: Morais, aos 8 minutos do primeiro tempo; Dentinho, aos 11, e aos 34 minutos do segundo tempoÁrbitro: Wallace Nascimento Valente (ES)Estádio: Jóia da Princesa, em Feira de Santana (BA)ós cobrança de escanteio de Douglas, o meia Morais (de 1,75 m de altura) se antecipou à marcação do Bahia para cabecear e desviar a bola para o fundo das redes do goleiro Darci. Depois de abrir o placar, o Corinthians ampliou o domínio e criou outras boas chances para ampliar. Aos 15 minutos, Dentinho desviou após cobrança de falta e Fábio Ferreira aproveitou para meter a cabeça na pequena área. Para azar do corintiano e sorte do goleiro Darci, a bola foi sem direção. O Bahia apenas assustava em algumas cobranças de falta e de escanteio. No único lance de perigo criado pelos baianos no primeiro tempo, Marcelo Ramos perdeu o gol aos 29 minutos. Após cruzamento de Paulo Roberto, o veterano atacante recebeu livre na área. Ele decidiu finalizar de primeira e mandou sobre o gol de Felipe. Na segunda etapa, o Bahia tentou colocar uma pressão nos minutos iniciais. Mas a estratégia logo foi destruída por Dentinho. Aos 11 minutos, o atacante recebeu passe de Bebeto e chutou no cantinho do goleiro Darci. O segundo gol corintiano matou as pretensões do técnico Ferdinando Teixeira. O Bahia se entregou com dois gols de desvantagem no placar e abriu espaço para o Corinthians construir mais uma vitória na Série B. O alvinegro, no entanto, tratou de fechar o jogo com chave de ouro. Dentinho, de novo de fora da área, marcou o terceiro aos 34 minutos, com uma contribuição do goleiro Darci - foi o 13.º gol do atacante, artilheiro do time na Série B.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série BCorinthiansBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.