Corinthians derrota o Paraná e põe fim a jejum de vitórias

Dentinho marcou os dois gols da vitória por 2 a 0; líder da Série B volta a vencer depois de três jogos

Tercio David, estadao.com.br

26 de julho de 2008 | 18h06

Fora de casa, o Corinthians voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série B depois de três quatro jogos. Neste sábado, o time de Mano Menezes venceu o Paraná Club por 2 a 0, no Durival de Brito, em Curitiba, com dois gols de Dentinho.Veja também: Classificação Resultados / Calendário Ouça os gols de Paraná 0 x 2 Corinthians Ponte Preta vence o Avaí em casa e entra no G-4  Para Felipe, vitória foi um alívio para o Corinthians  Mano pede paciência no Corinthians e absolve Denis  Corintianos são agredidos no Durival de Britto Com a vitória, a primeira desde os empates com Santo André e Ceará e a derrota para o Bahia, o Corinthians chegou a 31 pontos e segue firme na liderança da tabela. Já o Paraná, fica com 17 pontos, na parte de baixo da tabela, mas fora da zona de rebaixamento.Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o Criciúma, no Pacaembu, no sábado. No mesmo dia, o Paraná visita o São Caetano, no Anacleto Campanella.EQUILÍBRIOO primeiro tempo foi bastante equilibrado, com as duas equipes criando boas chances de gol. Do lado paranista, Claudemir e Rogerinho acertaram belos chutes de longe e obrigaram o corintiano Felipe a fazer grandes defesas.A melhor chance corintiana no primeiro tempo aconteceu logo no comecinho do jogo, aos cinco, quando Douglas recebeu livre na marca do pênalti, mas chutou muito torto. Dentinho, no susto, ainda tentou completar, mas não conseguiu, e o goleiro Gabriel ficou com a bola.No segundo tempo, o Paraná mais uma vez parou nas defesas de Felipe. Logo aos 8, Everton passou pelo marcador e bateu bem da entrada da área. O goleiro corintiano fez mais uma defesa sensacional. ARMAS DE SEMPRE  PARANÁ0Gabriel; Claudemir, Ricardo Ehle, Luciano e Rogerinho; Naves     (Gilson), Agenor, Léo, Giuliano (Cristian) e Everton; Marcelinho (Vinicius)Técnico: Rogério Perrô CORINTHIANS2Felipe; Carlos Alberto, Chicão, William e André Santos    ; Fabinho, Eduardo Ramos     (Wellington Saci), Elias e Douglas (Denis    ); Dentinho e Herrera (Acosta)Técnico: Mano MenezesGols: Dentinho, aos 25 e aos 35 minutos do segundo tempo.Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)Renda: Não disponívelPúblico: 16.016 pagantesEstádio: Durival de Britto e Silva, em Curitiba (PR)Jogando no contra-ataque, e abdicando dos cruzamentos na área da primeira etapa, o Corinthians ofereceu pouco perigo no segundo tempo, principalmente porque os atacantes ficaram quase sempre isolados no meio dos marcadores paranistas. Mas quando chegou, foi eficiente.Outra arma corintiana para tentar botar fim ao jejum de três jogos sem vencer era a jogada com bola parada, nos pés de André Santos. Aos 12, o lateral bateu falta da direita na primeira trave, Dentinho desviou de cabeça e acertou a trave.E o primeiro gol do Corinthians saiu exatamente em uma jogada de bola parada. Aos 25, André Santos cobrou escanteio, Fabinho cabeceou na segunda trave, a bola bateu em Agenor e sobrou para Dentinho, de carrinho, desviar para as redes.Se o primeiro gol saiu em uma jogada de bola parada, o segundo saiu em um contra-ataque. Aos 35, após lançamento do goleiro Felipe, Acosta recebeu no meio e fez passe preciso para Dentinho, na área, bater cruzado, no contra pé de Gabriel. Nos minutos finais, ainda sobrou tempo para uma lambança do árbitro Nielson Nogueira Dias. Aos 44, Denis, que havia acabado de entrar, sofreu falta no primeiro lance, mas a arbitragem não marcou. O corintiano revidou, fez ele uma falta violenta e acabou expulso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.