Corinthians derrota Palmeiras e encerra tabu

Depois de mais de três anos, o Corinthians voltou a ganhar do Palmeiras. Com gol de Jorge Henrique no começo da partida, o alvinegro bateu o rival por 1 a 0, neste domingo, pela quinta rodada do Campeonato Paulista. Com a vitória, o time de Mano Menezes chegou aos 11 pontos e assumiu a liderança provisória.

ANDRÉ RIGUE, Agencia Estado

31 de janeiro de 2010 | 19h19

Já o Palmeiras, que teve um homem a mais por quase toda a partida, permaneceu com os 8 pontos, fora da zona de classificação para as semifinais.

Corinthians e Palmeiras entraram em campo neste domingo sem seus principais jogadores. Ronaldo, com problemas na coxa direita, e Diego Souza, com dores na coxa esquerda, foram poupados pelos seus treinadores. Assim, o alvinegro contou com um ataque formado por Jorge Henrique e Iarley. E o alviverde teve o setor ofensivo com João Arthur e Robert.

Mas apesar da estatura baixa dos atacantes do Corinthians, o alvinegro abriu o placar em jogada aérea. Aos 7 minutos, Iarley foi derrubado por Armero pela direita. Tcheco cobrou a falta e Jorge Henrique, aproveitando bobeada de Edinho, cabeceou para as redes.

A torcida do Corinthians comemorou o gol por pouco tempo. Um minuto depois, Roberto Carlos deu entrada violenta em João Arthur e recebeu o cartão vermelho. Nervoso, o lateral-esquerdo deixou o gramado sem dar declarações. O técnico Mano Menezes sequer olhou para o atleta.

Mesmo com um jogador a mais, o Palmeiras estava inseguro. Muricy Ramalho tirou o zagueiro Gualberto para colocar o atacante Daniel Lovinho. Armero, instável, deu lugar para Wendel aos 32 minutos. O colombiano chorou no banco de reservas. "Tenho que aprender, tenho de tirar algo positivo de tudo e procurar melhorar o que está erado", declarou o abatido lateral.

O Palmeiras passou a ter maior posse de bola nos quinze minutos finais da primeira etapa. E criou algumas boas oportunidades: Daniel Lovinho teve um gol bem anulado aos 33 minutos, Cleiton Xavier assustou em chute de fora da área aos 37 e Pierre quase marcou um belo gol ao também arriscar de longe, aos 46.

Mano Menezes recuou o Corinthians na etapa final. O Palmeiras, porém, sofreu com a falta de atacantes. Embora criasse várias oportunidades, a equipe não teve um finalizador para mandar a bola às redes. Robert tentou chute rasteiro aos 18 minutos, mas Felipe desviou e afastou o perigo.

Nas outras oportunidades criadas, a estrela do goleiro corintiano novamente brilhou. Após bola cruzada na área, o zagueiro Danilo arriscou chute forte, mas Felipe fez outra grande defesa.

Cleiton Xavier ainda recebeu o segundo amarelo por reclamação e foi expulso aos 42 minutos do segundo tempo. A festa do Corinthians no Pacaembu foi completa.

Na quarta-feira, o Corinthians enfrenta a Ponte Preta fora de casa. Já o Palmeiras encara a Portuguesa na quinta, no Palestra Itália.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 1 X 0 Palmeiras

Corinthians - Felipe; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Elias, Ralf, Tcheco (Jucilei) e Danilo; Jorge Henrique (Dentinho) e Iarley (Edu). Técnico: Mano Menezes.

Palmeiras - Marcos; Figueroa, Gualberto (Daniel Lovinho), Danilo e Armero (Wendel); Edinho, Pierre, Márcio Araújo e Cleiton Xavier; João Arthur (William) e Robert. Técnico: Muricy Ramalho.

Gol - Jorge Henrique, aos 7 minutos do primeiro tempo.

Árbitro - Wilson Luiz Seneme.

Cartões amarelos - Armero, Cleiton Xavier, Márcio Araújo, Wendel, Felipe, Tcheco e Danilo.

Cartões vermelhos - Roberto Carlos e Cleiton Xavier.

Público - 29.644.

Renda - R$ 933.776,00.

Local - Estádio Pacaembu, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.