Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Corinthians descarta a contratação do atacante colombiano Trellez

Clube desiste de jogar do Vitória e busca outro substituto para o atacante Jô, que foi negociado com o futebol japonês

Estadão Conteúdo

03 Janeiro 2018 | 21h34

O gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, em São Paulo, para atualizar informações sobre as transferências de jogadores. O dirigente afirmou que o clube continua atrás de um substituto para o centroavante Jô, negociado com o futebol japonês, mas que o novo nome não será o colombiano Trellez, do Vitória.

+ Corinthians contrata Juninho Capixaba

+ Tabela do Campeonato Paulista

O time paulista cancelou as investidas pelo atacante. "Todo atleta gostaria muito de vestir a camisa do Corinthians, acredito que ele também. O Vitória nunca levantou a bandeira de pagar a multa para levar o atleta. O Vitória passou por um momento de transição política e depois colocamos o pé no freio", afirmou Alessandro Nunes.

A cautela mencionada pelo gerente de futebol se reflete também na postura para buscar um substituto para Jô. Mesmo depois de receber cerca de R$ 38 milhões para vender o artilheiro do Campeonato Brasileiro ao Nagoya Grampus Eight, a estratégia é não gastar valores elevados. O intuito é buscar um reforço barato e com salário compatível ao pago para o restante do elenco.

"A gente toma as decisões com muita segurança. Não vamos fazer loucura, trazer jogador para ganhar R$ 800 mil", comentou. "Se você tem uma posição financeira privilegiada, aponta o dedo para o melhor do setor e traz, mas não é o que a maioria dos clubes brasileiros vive hoje. É só ver as trocas que estão acontecendo, quais clubes estão participando. Não tem sido nada fácil", completou.

Alessandro Nunes contou que a negociação pelo lateral-esquerdo Danilo Avelar, que está na Europa, não deve se concretizar, porém adiantou que a vinda do zagueiro Henrique, ex-Fluminense, está encaminhada. "Já temos um acordo apalavrado com seu agente e o atleta, desde que ele tenha se resolvido com o Fluminense", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.