Corinthians: desfalques no coletivo

Wolney Alex da Silva Júnior, o Juninho, tem 16 anos e aquele velho sonho de todo garoto: tornar-se jogador de futebol. Aluno da Escolinha que o ex-zagueiro Oscar Bernardi mantém em Águas de Lindóia (SP), Juninho estava no alojamento com os colegas quando recebeu o recado: hoje você vai treinar com o Corinthians."Nossa, foi uma emoção muito grande! Sabia que seria uma baita experiência treinar com os galácticos", vibrou o garoto.Treinar, ele treinou. Mas não foi exatamente com os "galácticos". Com nove desfalques no time do técnico Márcio Bittencourt, dentre eles as estrelas Tevez, Carlos Alberto e Gil, o garoto Juninho viu o time titular do Corinthians sendo formado por jogadores como Ronny, Bruno Octávio e Abuda, que, até outro dia, treinavam com os juniores."Procurei aprender bastante com o Jô, que é atacante como eu", disse Juninho, que é palmeirense de coração.Dos "galácticos", Juninho só viu o meia Roger. "Ele joga muito mais do que eu pensava. Ele é demais", comentou o garoto.Além de Juninho, outros cinco garotos da Escolinha de Oscar foram chamados para completar o coletivo. O curioso é que, para um clube que chegou a cogitar uma lista de dispensa há menos de um mês, não deixa de ser no mínimo irônico ter de chamar meia dúzia de garotos "nativos" para completar o treino coletivo da equipe, na intertemporada que está sendo realizada em Águas de Lindóia. Pois essa é a situação do Corinthians.Os desfalques são Tevez (com a Seleção Argentina), Bobô (com a Seleção Brasileira Sub-20), Carlos Alberto (com gastrite), Gil, Sebá, Hugo, Marcelo Mattos e Wendel (machucados). Esses três últimos estão com o time em Águas de Lindóia, mas só Wendel tem chances de atuar contra o Flamengo, domingo, em Mogi Mirim.O nono desfalque no treino desta quarta foi o zagueiro Anderson, que estava com a Seleção Brasileira na Argentina. Ele é esperado nesta quinta em Águas de Lindóia.O iraniano Kia Joorabchian, da MSI, adiou seu retorno ao Brasil, que estava previsto para esta quinta-feira. Ele permanece na Europa tentando contratar reforços para a equipe. O atacante Liedson, que chegou a ser dado como reforço certo do Corinthians, estaria de malas prontas para a Itália, segundo seu empresário, Gilmar Veloz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.