Corinthians deve acertar com Alberto

O atacante Alberto, de 29 anos, pode ser anunciado como reforço do Corinthians ainda esta semana. O jogador vinha negociando com o clube há mais de 15 dias e o diretor de Futebol Paulo Angioni, conforme antecipou ao ?Estado? na sexta-feira, esperava para os próximos dias o acerto dos últimos detalhes do contrato. O ex-jogador do Santos, campeão brasileiro de 2002, chega quarta-feira a São Paulo e a expectativa no Corinthians é a de que ele seja anunciado até sexta-feira ? ficaria até dezembro, por empréstimo. Alberto é reserva no Dínamo de Moscou, com o qual tem contrato até o fim de 2005, e vem tendo um ano esquecível. Em janeiro, foi vítima de uma grave crise de pneumonia e perdeu 11 quilos. Após se recuperar, chegou a ser sondado por outros clubes brasileiros, entre eles Palmeiras e Cruzeiro.Angioni nega, porém, que a provável parceria com o fundo MIS tenha tido alguma influência na contratação. ?A vinda do jogador foi um pedido do (técnico) Tite e já estamos atrás dele há algum tempo. A negociação segue independentemente à qualquer outra discussão.? PARCERIA - Cerca de 400 conselheiros definem nesta terça-feira o futuro do Corinthians. Em reunião no fim da tarde, o Conselho votará pela aceitação ou não do contrato de parceria com o fundo de investimento anglo-suíço MIS, que promete investir US$ 35 milhões imediatamente no clube.As divergências em relação ao contrato, porém, podem dificultar o negócio. O presidente Alberto Dualib, que vem chefiando pessoalmente o ?lobby? a favor da parceria, se recusa a apresentar aos conselheiros as cláusulas do contrato e, assim, põe em risco a aprovação. Alguns membros do Conselho, por isso, já ameaçam votar contra ou se ausentar da votação. Além do questionamento sobre a origem do dinheiro, os conselheiros temem que o acordo tenha previsão de pagar intermediários. Dualib nega, mas não apresenta provas. Querem saber, por exemplo, se o empresário Renato Duprat, que foi quem apresentou o grupo ao Corinthians, terá algum tipo de comissão. A mesma dúvida em relação à neta do presidente do clube, Carla Dualib, diretora de marketing.Após dura reunião nesta segunda-feira à tarde, Dualib se comprometeu a aceitar a convocação do Cori ? Conselho de Orientação do Corinthians ? uma hora antes da reunião com todos os conselheiros, marcada para as 20 horas. O Cori terá acesso ao contrato e dará portanto um parecer mais avalizado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.