Corinthians deve sofrer grande reformulação para 2008

Jogadores da campanha do rebaixamento não devem permanecer; Nelsinho Baptista também deve sair

03 de dezembro de 2007 | 10h51

Depois de ser rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, a equipe do Corinthians deve passar por uma grande reformulação para a temporada 2008. O próprio presidente Andrés Sanchez , ainda no Rio Grande do Sul, disse que muita coisa deve mudar no Parque São Jorge.   Veja também:  Corinthians sai pelos fundos e torcedores protestam  Crônica do jogo: Grêmio 1 x 1 Corinthians O contraste do Corinthians campeão e do agora rebaixado O dia de sofrimento e da queda corintiana  Blogs: Piza, Guterman e bate-pronto Especial: da glória com Tevez & cia ao rebaixamento  Limão: Corinthians é um caso de amor ou ódio?  Confira os números finais da Série A do Brasileiro   A permanência do técnico Nelsinho Baptista não é certa. Muitos conselheiros querem a saída do treinador, que não conseguiu sucesso em sua missão de manter o clube na elite. Os favoritos para assumir o time, caso Nelsinho saia, são Vanderlei Luxemburgo, que tem bom relacionamento com Andrés, e Mano Menezes, que deixou o Grêmio.   Com relação aos jogadores, muitos deles devem deixar o Parque São Jorge. A principal meta da diretoria é manter o goleiro Felipe. O presidente do Bragantino, Marquinho Chedid, dono de 25% dos direitos do atletas, havia dito há duas semanas que um clube europeu está interessado no jogador - a proposta seria de R$ 10 milhões.   O atacante Finazzi, artilheiro do time do Brasileirão, não deve ter o contrato renovado. O mesmo acontece com o zagueiro e capitão Betão - ele pode, até, se transferir para o São Paulo. Outro que o contrato termina ao final deste mês é o volante Moradei, que pode retornar para o Bragantino.   Apesar de ter um bom relacionamento com os torcedores, o volante Vampeta também deve sair. Ele não conseguiu ajudar o grupo a permanecer na elite e, além disso, ficou por várias vezes no banco de reservas nos últimos jogos por não corresponder em campo, principalmente pelo desgaste físico.   Atletas que não renderam o esperado também devem sair. São os casos de Edson, Iran, Aílton, Amaral, Fábio Braz, Clodoaldo, Kadu, Ricardinho, Júnior Negão e Gustavo Nery.   Sobre reforços, o único praticamente fechado é o atacante Lima. Novos nomes só devem pintar no Parque São Jorge depois que a diretoria definir a comissão técnica. O objetivo é formar um grupo homogêneo para a disputa da Série B 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.