Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Corinthians espera ter pré-temporada com melhor nível técnico

Clube busca renda e adversários qualificados na Florida Cup

Daniel Batista, O Estado de S.paulo

05 de dezembro de 2015 | 07h03

Como aconteceu ano passado, o Corinthians vai viajar durante a pré-temporada para se preparar visando 2016. O objetivo da diretoria e comissão técnica é valorizar a marca do clube no exterior, arrecadar novos fundos, mas também conseguir aumentar o nível técnico dos adversários antes de começar as competições oficiais.

Geralmente os grandes clubes do Brasil fazem treinos em seus centros de treinamentos contra times de menor expressão e acabam não aproveitando como poderiam. “Medimos principalmente a importância da pré-temporada. Foi decidido ter maior enfrentamento contra rivais de maior peso. Antes, ganhávamos de equipes de menor expressão por 4  ou 5 a 0. Agora, teremos um grau de nível técnico maior logo no primeiro jogo. Independente do resultado, queremos ter um nível de enfrentamento mais rápido, para já identificar melhorias, deficiências técnicas e táticas”, disse o gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar.

Já o superintendente de marketing do clube, Gustavo Herbetta, explicou que os jogos nos Estados Unidos também servirão para melhorar as finanças do clube. “Medimos principalmente pela receita, quando conseguimos monetizar a pré-temporada. Nesse aspecto podemos comercializar uniforme, placa no campo de jogo, pacote turístico, experiências para o torcedor e internacionalização da marca a longo prazo”,  disse o dirigente.

A Florida Cup será disputada entre os dias 10 e 20 de janeiro e contará com a presença do Corinthians, Fluminense, Internacional, Atlético-MG, Schalke 04-ALE, Bayer Leverkusen-ALE, Shakhtar Donetsk-UCR, Santa Fe-COL e Fort Lauderdale Strikers-EUA. O time alvinegro joga dia 17 de janeiro contra o Atlético-MG e depois encara o Shakhtar Donetsk, no dia 20.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.