Corinthians e Flamengo honram suas tradições e travam duelo pela liderança

Rivais disputam rodada a rodada para ver quem é o melhor do País

Daniel Batista e Fábio Hecico, estadão.com.br

16 de agosto de 2011 | 12h37

SÃO PAULO - Corinthians e Flamengo fazem campanhas neste Campeonato Brasileiro que representam bem suas grandezas. Donos das maiores torcidas do País, os dois clubes brigam rodada a rodada pela liderança do Nacional e dão à competição tempero mais que especial.

Suas campanhas apostam em personagens que andam comendo a bola. Até alguns momentos são parecidos. Jogos, artilheiros, goleiros, técnicos... não faltam ingredientes nos dois elencos. A expectativa é para saber quem chegará no fim da dispusta com mais fôlego.

Tite e Vanderlei Luxemburgo têm estilos diferentes, mas de sucesso. O comandante do Corinthians adota uma postura mais defensiva enquanto o flamenguista prima por sua agressividade e constante busca do gol. Prova disse é que a equipe paulista comemora uma das defesas mais sólidas (12 gols sofridos) da competição, enquanto que a carioca tem o melhor ataque (30 gols marcados).

No gol, a juventude não tem atrapalhado Júlio César, que se tornou uma das peças fundamentais deste Corinthians. Tanto que durante o período em que ficou afastado por causa de lesão na mão, seu substituto, Renan, não deu conta do recado e foi sacado, sendo substituído pelo prata da casa Danilo Fernandes. Para o bem da equipe e de Tite, o titular voltou.   No meio de campo corintiano, Danilo pisa no freio sem perder a qualidade. O time deixa de lado a velocidade para apostar no jogo cadenciado. Meia dos velhos tempos. O Flamengo não fica para trás e usa os pés de Thiago Neves para organizar seu jogo. Ocorre que um time só com técnica não vence partidas. Por isso, Ralf (Corinthians) e Willians (Flamengo) fazem a função de cães de guarda de suas defesas.

Liedson e Ronaldinho, craques internacionais, comandam os dois esquadrões e carregam o status de artilheiros. O corintiano fez cinco gols até agora. O flamenguista balançou as redes nove vezes. E quando não jogam, o comportamento do time é outro. E quem anda chorando pelos cantos com essas ausências é o Corinthians, que perdeu Liedson por cinco rodadas por causa de uma artroscopia.

Em campo

Dois jogos marcam bem o desempenho de Corinthians e Flamengo no Brasileiro. O Corinthians goleou como quis o São Paulo por 5 a 0, com direito a três gols de Liedson. O Flamengo protagonizou o melhor jogo do campeonato até agora: depois de sair perdendo por 3 a 0, conseguiu uma incrível virada por 5 a 4 contra o Santos, na Vila Belmiro, onde Ronaldinho marcou três gols e travou duelo espetacular contra Neymar. Que jogo!

Faltam três rodadas para o fim do Primeiro Turno. O Corinthians encara Atlético Mineiro (fora), Figueirense (casa) e Palmeiras (em Presidente Prudente). O Flamengo pega Atlético Goianiense (casa), Internacional (fora) e Vasco (Engenhão).

Na terceira rodada do Returno, Corinthians e Flamengo voltam a se enfrentam, desta vez no Pacaembu. Por si só já seria uma grande partida, mas o confronto ganha emoções extras pelo fato de Adriano poder fazer sua estreia. No primeiro turno, houve empate por 1 a 1. 

Na tabela

Corinthians                             Flamengo

34 pontos                                 34 pontos

16 jogos                                   16 jogos

10 vitórias                                 9 vitórias

4 empates                                 7 empates

2 derrotas                                 0 derrotas 

26 gols pró                               30 gols pró

12 gols contra                           15 gols contra

14 saldo de gols                        15 gols de saldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.