Corinthians e Lusa empatam por 1 a 1

Apesar do jogo fraco, todos saíram satisfeitos do Pacaembu, neste domingo, após o empate por 1 a 1 entre Corinthians e Portuguesa. Quem mais festejou o resultado foi o time do Canindé, que só precisa vencer o São Caetano, domingo, em casa, para escapar do rebaixamento - tem 21 pontos e se ganhar, não poderá ser superado pelo Rio Branco, com 20. Depois da euforia pela goleada sobre o Cianorte, na Copa do Brasil, os corintianos viram a ótima exibição do goleiro Tiago e o técnico Daniel Passarella ficou com a certeza de que tem bons reservas no elenco.O time do Canindé nem de longe lembrou o que venceu Palmeiras e São Paulo e pagou pela falta de vontade. Fininho fez jogada individual pela esquerda e foi recompensado pela falha de Gléguer: o cruzamento saiu fraco, mas o goleiro saiu mal, viu a bola passar por debaixo de suas pernas e entrar para o gol.Sem contar o gol, foi um dos 45 minutos mais sonolentos do campeonato. O Corinthians dominava o jogo e apesar de deixar espaços para os contra-ataques do rival, não foi pressionado.A vantagem alvinegra só não foi maior por causa da ineficiência do ataque. Bobô, que ganhou nova chance, só apareceu em campo quando ganhou um escanteio, aos 10 minutos. Depois, sumiu.A partida ganhou emoção na etapa final, principalmente porque Portuguesa voltou mais disposta. Aos 10, Léo bateu da entrada da área, mas Tiago defendeu. O goleiro do Corinthians voltou a fazer duas defesas difíceis, oito minutos depois - numa delas, parou o chute à queima-roupa de Sílvio Criciúma.O Corinthians também levou perigo. Carlos Alberto acertou a trave, na cobrança de falta, e Bobô, frente à frente com Gléguer, chutou para fora.De tanto insistir, a Portuguesa empatou. Cléber desceu pela esquerda e cruzou para Washington, que chegou antes de Fininho, e de cabeça, mandou para as redes de Tiago. Aos 35, o goleiro fez grande defesa, na falta cobrada por Cléber, e, para alegria de todos, garantiu o resultado.Confira a classificação, os resultados e a próxima rodada do Campeonato Paulista 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.