Corinthians é o campeão brasileiro

O Corinthians conquistou neste domingo o título do Campeonato Brasileiro, o quarto de sua história, repetindo 90, 98 e 99. E foi campeão mesmo com a derrota para o Goiás, por 3 a 2, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Afinal, o Internacional também perdeu: 1 a 0 para o Coritiba, no Couto Pereira, em Curitiba.Com as derrotas dos dois primeiros colocados, o Corinthians manteve a vantagem de 3 pontos sobre o Inter. E, apesar de a CBF garantir o resultado de campo, o campeonato ainda corre o risco de sofrer uma reviravolta jurídica, na disputa do clube gaúcho para reverter a decisão do STJD em anular os 11 jogos apitados pelo árbitro Edílson Pereira de Carvalho.Mesmo porque, o Corinthians conquistou 4 pontos nos jogos remarcados e, se essas partidas forem anuladas, valendo aquelas que foram apitadas por Edílson Pereira de Carvalho, o Inter assumiria a liderança do campeonato e terminaria como campeão. Por isso mesmo, os jogadores do clube gaúcho chegaram até a dar volta olímpica no Couto Pereira.Mas a festa foi mesmo da torcida do Corinthians. Com caravanas que saíram de São Paulo, além dos torcedores que moram em Goiânia e região, a Fiel dividiu o Serra Dourada. Assim, das 50 mil pessoas que lotaram o estádio, cerca de 25 mil eram corintianos, prontas para ver o time sair com o título. Os dois jogos decisivos - Antes mesmo de iniciar o confronto com o Goiás, no Serra Dourada, o Corinthians já tinha ampliado sua vantagem na luta pelo título. Afinal, a partida do Inter começou primeiro e o Coritiba, logo aos 3 minutos, abriu o placar no Couto Pereira: Alcimar fez 1 a 0, cobrando pênalti. Em desvantagem, o Inter pressionou bastante o Coritiba, mas não conseguiu chegar ao empate. Mesmo assim, a sua torcida pôde comemorar ainda no primeiro tempo. Já aos 45 minutos, o Goiás fez 1 a 0 no Corinthians, com o gol de Paulo Baier.Mas a esperança do Inter, ainda perdendo para o Coritiba, acabou logo no início do segundo tempo. E foi justamente quando começou a festa do Corinthians, que virou o jogo com o Goiás. Aos 4 minutos, Tevez deixou tudo igual no Serra Dourada. E aos 12, Coelho fez 2 a 1, cobrando falta.O Goiás ainda mostrou sua força. Aos 24 minutos, Souza empatou o jogo. E aos 39, Romerito fez 3 a 2 sobre o Corinthians. Mas, independente dessa derrota corintiana, a disputa pelo título já estava definida. Em Curitiba, Inter não conseguiu reagir e perdeu para o Coritiba por 1 a 0.E, quando veio o apito final do árbitro, a fiel torcida corintiana, em Goiânia, em São Paulo e em todo Brasil, pôde começar sua grande festa, aos gritos de ?É campeão!?Rebaixado - Apesar da vitória sobre o Inter, o Coritiba foi o último clube a cair para a segunda divisão, ao lado de Atlético-MG, Brasiliense e Paysandu. O time paranaense acabou prejudicado pelos resultados de seus adversários diretos: o São Caetano venceu o Cruzeiro por 3 a 1 e a Ponte Preta derrotou o Brasiliense também por 3 a 1.Clasificado - Já no Palestra Itália, o domingo foi de festa. Numa virada emocionante, o Palmeiras derrotou o Fluminense por 3 a 2 e terminou em 4º lugar no campeonato. Com isso, garantiu uma vaga na Copa Libertadores da América de 2006, ao lado de Corinthians, Inter e Goiás. Baixinho - Outro destaque da última rodada foi o atacante Romário. Perto de completar 40 anos, ele terminou o Brasileirão como artilheiro. Fez dois na vitória do Vasco sobre o Paraná por 3 a 1, ultrapassou Robson (do Paysandu) e chegou aos 22 gols no campeonato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.