Corinthians e San Jose vão ajudar família de torcedor morto na quarta

Clubes se comprometeram a doar dinheiro para amenizar falecimento de Kevin Espada, de 14 anos

Agência Estado,

23 de fevereiro de 2013 | 11h50

SÃO PAULO - Corinthians e San Jose vão ajudar financeiramente a família do torcedor Kevin Douglas Beltrán Espada, morto durante a partida entre os dois clubes na Copa Libertadores, na última quarta-feira, na cidade boliviana de Oruro.

"Sempre ajudamos. Só não ficamos divulgando", disse o presidente corintiano Mário Gobbi, recordando o caso da torcedora Amanda Ferraz, que morreu atropelada pelo ônibus do Corinthians nas comemorações do centenário do clube.

Na Bolívia, a diretoria do San Jose decidiu doar para a família do torcedor um boliviano (cerca de 40 centavos) de cada ingresso para a partida contra o Universitário de Sucre, pelo campeonato nacional.

"Declaramos 30 dias luto e estamos oferecendo todo nosso apoio moral e econômico à família de Kevin", afirmou o presidente do clube, Freddy Fernández. Kevin, o mais velho de três irmãos, foi enterrado em Cochabamba na sexta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansSan Josémorteajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.