REUTERS/Carla Carniel
REUTERS/Carla Carniel

Corinthians e Santos fazem jogo de poucas emoções e empatam sem gols no Brasileirão

Equipe de Vítor Pereira mantém segunda posição da tabela, com 26 pontos; rival da Vila tem agora 19 pontos

Pedro Ramos, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2022 | 21h04

Após um 4 a 0 pelo jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil, o torcedor corintiano esperava mais em Itaquera. Corinthians e Santos voltaram a se enfrentar na Neo Química Arena, mas, desta vez, ficaram no 0 a 0, neste sábado, pelo Brasileirão. O líder Palmeiras enfrenta o Avaí neste domingo e pode abrir vantagem para cima do segundo colocado, que agora tem 26 pontos. Antes do jogo, a torcida já provocava o time visitante cantando "eliminado, eliminado", em uma referência ao duelo pela Copa do Brasil. A partida de volta está marcada para o meio de julho.

As duas equipes foram a campo modificadas em relação ao último confronto, quando o Corinthians passeio. O que se viu nos 90 minutos foi um jogo equilibrado, mas de poucas emoções, frio até. O Santos trazia perigo quando Marcos Leonardo tocava na bola. O garoto foi o mais vaiado pela torcida corintiana. No Paulistão, ele marcou dois gols na vitória santista em Itaquera.

"Quando você perde (como foi para o Santos na Copa do Brasil), o rival volta mais fechado, diferente. Todo jogo no Brasileirão é difícil. Mas temos de sempre somar pontos. O Santos veio de outra forma", disse Willian.

O primeiro tempo terminou com pouca criação. Vítor Pereira passou boa parte da etapa inicial dando orientações ao atacante Felipe, substituto do suspenso Róger Guedes e de Jô, que deixou o clube. Mas o jovem teve atuação apenas discreta. Para a posição, a diretoria está acertando o empréstimo por um ano do atacante Yuri Alberto, do Zenit, da Rússia, revelado na Vila Belmiro. Ele tem 21 anos.

Coube a Willian e Giuliano, que entraram no segundo tempo, melhorarem o time, que passou a gerar mais volume de jogo e empolgar o torcedor. Mas o zero não saiu do placar. Acuado, o Santos tentava se defender e não conseguia contra-atacar. No fim, o time visitante esfriou a disputa, o que irritou a comissão técnica do Corinthians. Corinthians e Santos voltam a campo na próxima semana para confrontos da Libertadores e Sul-Americana, respectivamente.

FICHA TÉCNICA 

CORINTHIANS 0X0 SANTOS

CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos (Fagner), Robert, Raul Gustavo e Fábio Santos; Cantillo, Du Queiroz (Giuliano), Roni (Lucas Piton), Adson e Mantuan (Willian); Felipe (Júnior Moraes). Técnico: Vítor Pereira.

SANTOS: John; Auro (Rwan), Velázquez, Bauermann, F. Jonatan; Rodrigo Fernández, Camacho (Sandry); Lucas Braga, Léo Baptistão (Lucas Pires), Marcos Leonardo e Ângelo (Bruno Oliveira). Técnico: Lucas Ochandorena.

GOL: 

ÁRBITRO: Flávio Rodrigues de Souza.

AMARELOS: Roni, Ângelo, Rodrigo Fernández, Fagner, Adson e Rwan.

PÚBLICO: 41.124

RENDA: 2.443.238,62

LOCAL: Neo Química Arena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.