Epitácio Pessoa/AE
Epitácio Pessoa/AE

Corinthians empata com o Noroeste e volta a decepcionar pelo Paulistão

Assim como contra o Bragantino, time fica no 1 a 1, no último jogo antes da Libertadores

TERCIO DAVID, estadão.com.br

23 de janeiro de 2011 | 18h55

SÃO PAULO - Depois de dominar e sair na frente no placar, o Corinthians decepcionou novamente e só empatou com o Noroeste por 1 a 1, neste domingo, no Pacaembu, pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

Com o empate - assim como aconteceu na última quarta, contra o Bragantino - o Corinthians chegou apenas a cinco pontos, mas ainda se manteve entre os oito primeiros. O Noroeste chegou ao terceiro empate e tem três pontos.

O próximo compromisso do Corinthians será exatamente pela Libertadores, na quarta-feira, às 22 horas, quando o time pega o Tolima (Colômbia), no Pacaembu. Um pouco antes, às 17 horas, o Noroeste recebe o Bragantino, no Alfredo de Castilho, em Bauru.

Pelo Paulistão, o Corinthians visita o São Bernardo, no 1.º de Maio, no domingo, às 19h30. O jogo contra o Mogi Mirim, que deveria acontecer no meio desta semana, foi remarcado para 17 de fevereiro.

Pressão. O Corinthians dominou completamente o primeiro tempo, diversificando bastante as jogadas - hora pelo meio, hora pelas duas laterais - sempre em velocidade. No entanto, o time pecou um pouco nas finalizações.

O Noroeste só conseguiu assustar em alguns contra-ataques. Num deles, Julio Cesar fez grande defesa, com a canela esquerda, no chute cruzado de Ricardinho.

Foi difícil passar pelo André Luiz no primeiro tempo, nas poucas finalizações certeiras, e o gol só aconteceu devido a um desvio. Aos 41, Bruno Cesar fez boa jogada pela esquerda e rolou para Dentinho, que cortou para a meia-lua e chutou cruzado. A bola bateu no zagueiro e tirou o camisa 1 da jogada.

Cochilo. No segundo tempo, o Corinthians diminuiu o ritmo e demonstrou até displicência em alguns lances, como no que originou o gol de empate do Noroeste.

Aos 12, com a bola completamente morta, Roberto Carlos errou um passe tolo e acabou jogando nos pés de Vandinho que, do meio-de-campo, descolou ótimo lançamento para Thiago Marin receber, invadir a área e bater na saída do goleiro Júlio César.

Com o Noroeste ainda mais fechado, o Corinthians teve dificuldades para voltar pressionar como no primeiro tempo, principalmente porque o time de Bauru soube tirar a velocidade do jogo do adversário.

Foi somente após a entrada de Edno no lugar de Ronaldo, aos 28, foi que o Corinthians melhorou um pouco. Mas apesar da boa vontade do meia-atacante, o time não conseguiu chegar ao gol da vitória.

CORINTHIANS - 1 - Julio Cesar, Moacir (Paulinho), Chicão, Leandro Castan, Roberto Carlos (Marcelo Oliveira), Ralf, Jucilei, Bruno César, Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo (Edno). Técnico: Tite

NOROESTE - 1 - André Luiz; Márcio Gabriel, Matheus, Da Silva e Gleidson; Francis (Julio Cesar), Marcelinho, Ricardinho e Thiago Marin (Doda); Zé Carlos (Aleilson) e Vandinho. Técnico: Luciano Dias.

Gols - Dentinho, aos 41 minutos do primeiro tempo e Thiago Marin, aos 12 minutos do segundo tempo; Árbitro - Flávio Rodrigues Guerra; Cartões amarelos - Francis, Da Silva, Júlio Cesar, André Luiz (Noroeste); Cartão vermelho - Márcio Gabriel (Noroeste); Público -17.848 total; Renda - Não disponível; Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

Veja também:

PAULISTÃO - tabelaClassificação | listaResultados

especialCALENDÁRIO - O caminho de cada time

link Ronaldo vê 'egoísmo' na equipe do Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.