Corinthians empata com o Rio Branco e aumenta a crise

A palavra de ordem no Corinthians é "crise". Mais uma vez o time alvinegro não teve competência para vencer e acabou cedendo empate, por 1 a 1, ao fraco time do Rio Branco, neste sábado, em pleno Pacaembu, pela nona rodada do Campeonato Paulista.Com o resultado, o Corinthians chegou a 16 pontos, provisoriamente na sétima posição, mas cada vez mais longe da classificação para a segunda fase. O Rio Branco, por sua vez, agora tem sete pontos e continua na zona de rebaixamento.Esta foi a quarta partida seguida do Corinthians sem vitória - três pelo Paulistão e uma pela Copa do Brasil - e o técnico Emerson Leão corre o risco de ser demitido se o time não se classificar na Copa do Brasil, diante do modesto Pirambu, na quinta-feira.O começo do jogo até que foi promissor para o Corinthians e o nome do primeiro tempo - entre os jogadores - foi o atacante Arce. Depois de quase marcar um golaço de calcanhar e dar um belo passe de bicicleta, o boliviano marcou o seu. Depois de uma boa jogada de Nilmar, ele recebeu na entrada da área e bateu cruzado, no canto do goleiro Eder, aos 19.No entanto, quem roubou a cena foi o árbitro Rodrigo Martins Cintra. No final do primeiro tempo, Josias derrubou Nilmar na entrada da área, mas quem levou o cartão amarelo foi Felipe, que estava próximo do lance. Como o volante já tinha sido advertido, foi expulso injustamente.No segundo tempo, o Rodrigo Martins Cintra continuou aprontando. Depois de um choque involuntário no meio-campo com um jogador do Rio Branco, o volante corintiano Bruno Octávio acabou expulso - ele havia tomado o primeiro cartão amarelo dois minutos antes.Desconcentrado após a expulsão de Bruno Octávio, o Corinthians sofreu o empate aos 14, quando Rossini - ex-Santos - recebeu na entrada da área e acertou um belo chute, no ângulo de Jean. Para piorar, o capitão Betão foi expulso no final do jogo, após cometer falta dura e levar o segundo cartão amarelo. Este foi o terceiro vermelho do zagueiro no Paulistão e ele desfalca o Corinthians no clássico contra o Palmeiras.O próximo compromisso da equipe de Leão será contra o Pirambu, no Pacaembu, pelo jogo de volta da Copa do Brasil - depois do empate por 1 a 1 no Sergipe, o Corinthians precisa apenas de um empate sem gols para se classificar. Ficha técnica:Corinthians 1 x 1 Rio BrancoCorinthians - Jean; Tamandaré (Edson), Gustavo (Marcus Vinícius), Betão e Wellington; Bruno Octávio, Daniel, Marcelo Mattos e William (Wilson); Arce e Nilmar. Técnico: Emerson Leão.Rio Branco - Eder; Adriano Sella, Paulão, Marcelo Heleno e Ricardo; Felipe, Josias, Leonel e Rafael Chorão (Rodrigo Batata); Leandro Love (Rodriguinho) e Heraldo (Rossini). Técnico: Ruy Scarpino.Gols - Arce, aos 19 minutos do primeiro tempo. Rossini, aos 14 minutos do segundo tempo. Árbitro - Rodrigo Martins Cintra. Cartões amarelos - Betão, Nilmar, Felipe, Bruno Octávio, Josias. Cartões vermelhos - Felipe, Betão e Bruno Octávio Público - 8.903 pagantes Renda - Não disponível Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.