Corinthians empata com São Caetano

As falhas da defesa corintiana foram as principais responsáveis pelo empate por 2 a 2 diante do São Caetano, nesta quarta-feira à noite, no Pacaembu. No primeiro gol do time do ABC, Márcio Mixirica, livre, não teve dificuldade para abrir o placar. O Corinthians virou, mas, depois de outro tumulto na esburacada zaga armada pelo técnico Daniel Passarella, Zé Luís empatou.Nesta quarta a torcida corintiana viveu uma relação de amor e ódio ao técnico argentino. Se Anderson não se atrapalhasse e permitisse o empate, a equipe do Parque São Jorge comemoraria uma vitória de virada. O time perdia por 1 a 0, o treinador corintiano sacudiu Coelho, pediu para ele atacar. Na primeira subida ao ataque, sofreu o pênalti convertido por Carlos Alberto. ?El Capitan? foi chamado de burro após o intervalo; se arriscou, foi tirar Roger e colocar Gil, deu nisso. E adivinhe que fez o gol da virada? Gil, um golaço aliás, com passe de Tevez.O Corinthians, apesar de dominar sem grande dificuldade a partida, se ressentia de um atacante finalizador, um centroavante das antigas que Bobô definitivamente não consegue ser. O valente argentino Carlos Tevez movimentava-se, dividia, tentava o máximo que podia, mas, sozinho, não conseguia muito. A equipe do ABC não era sombra do temível São Caetano de competições anteriores, ainda assim fez 1 a 0 com Márcio Mixirica, empatou com Zé Luís e por pouco não virou novamente o confronto, mas Marcinho errou debaixo das traves. O Corinthians foi a 26 pontos, se mantém na terceira colocação do Estadual e volta a campo domingo, contra o União Barbarense. O São Caetano - que enfrenta o Atlético Sorocaba em casa, no sábado, sobe para 23 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.