Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Corinthians encara Atletico Nacional e titulares terão mais tempo em campo

Técnico Tiago Nunes tenta dar mais entrosamento à equipe que deve estrear na próxima quinta-feira no Paulistão

João Prata, O Estado de S.Paulo

18 de janeiro de 2020 | 04h30

O Corinthians enfrenta o Atlético Nacional, da Colômbia, neste sábado, às 19h30 (de Brasília) no segundo e último jogo pela Florida Cup. A partida está marcada para acontecer no estádio do Orlando City, nos Estados Unidos, e será realizada logo após o duelo do Palmeiras com o New York City.

O time alvinegro vem de vitória na estreia no torneio por 2 a 1 sobre a equipe norte-americana. O destaque do jogo foi o estreante Luan, com dois gols. Para o jogo contra os colombianos, o técnico Tiago Nunes deve mudar a estratégia em relação à estreia, quando os titulares atuaram apenas na primeira etapa.

O novo treinador pretende dar mais tempo aos principais jogadores com o intuito de ganhar entrosamento para a estreia no Campeonato Paulista, quinta-feira, contra o Botafogo, na arena em Itaquera. A escalação inicial deve ser a mesma: Cássio; Fagner, Gil, Pedro Henrique e Lucas Piton; Camacho, Cantillo e Luan; Ramiro, Boselli e Janderson. 

"O principal nesse momento é entendermos a ideia do treinador, melhorar nos aspectos de jogo, como ele vêm pedindo. Tivemos pouco tempo de trabalho, mas aos poucos vamos implementando essas ideias em campo. Parece uma ideia boa e que trará resultados. Espero que possamos seguir trabalhando forte ao longo do ano, vencendo os jogos", comentou Boselli.

O argentino começou na frente de Gustagol e Vagner Love na disputa por uma vaga entre os titulares do Corinthians. Na estreia do time, passou em branco. O atacante fez uma breve análise sobre este início de trabalho de Tiago Nunes. 

"É uma pessoa que explica muito o que quer, está atendo às necessidades de cada jogador e isso é muito bom, porque para conseguir grandes resultados não são importantes apenas 11 ou 12 jogadores, mas todo o grupo. E, para mim, essa atenção a todo o grupo fora de campo é fundamental para conseguirmos feitos importantes na temporada", comentou.

Se vencer o Atlético Nacional-COL, o Corinthians garante o troféu da Florida Cup. Boselli, no entanto, minimizou a importância de garantir esse título. "Temos a expectativa de fazer um grande ano, começando com o Paulista, depois a Libertadores e o Campeonato Brasileiro. Com essa camisa, temos que ganhar todos os títulos que disputarmos". 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.