Corinthians encara Fluminense em Mogi

De um lado, Abuda, Jô do outro. Os dois,neste domingo, serão companheiros no ataque do Corinthians queenfrenta o Fluminense, em Mogi Mirim, mas, pensando um poucomais à frente, são adversários diretos na busca pela únicaposição restante no setor. Carlos Tevez, inquestionável, deveretornar da seleção argentina nos próximos dias. "Vou dar omáximo para ser titular, atravesso uma boa fase e estou àdisposição do treinador", candidatou-se Abuda. Brigam pela vaga cada vez mais otimistas com a possibilidadede virarem o camisa 9 que os torcedores tanto almejam e que aMSI ameaça contratar, mas nunca contrata. Vágner Love, do CSKA,e Liedson, do Sporting, namoram o fundo de investimentos hátempos, só não chegam a um acordo. Neste domingo, portanto,outra oportunidade para os dois garotos, que farão a terceirapartida consecutiva como titulares ? com eles, foram duasvitórias por 4 a 2, contra Flamengo e Brasiliense. "O Bobô estána seleção sub-20 e o Tevez, jogando pela Argentina, é a minhachance", comentou Abuda, autor de um gol no CampeonatoBrasileiro. O técnico Márcio Bittencourt, após cinco vitórias, resolveuesconder as informações da imprensa. Não antecipa as escalaçõespor princípio, mas agora decidiu não dizer sequer quem será ocapitão no lugar de Anderson, que se despediu esta semana noParque São Jorge, rumo ao Benfica. "Para quê vou dizer paravocês repórteres? Não vejo necessidade disso", afirmou otreinador. O ex-atleta corintiano deixa um legado à nova duplade zaga: Betão deve ganhar a braçadeira, Marinho, o lugar vago. Além de Marinho, outra mudança na equipe é a entrada deRosinei, na posição de Gustavo Nery, suspenso com três cartõesamarelos. Uma nova vitória e uma combinação de resultados, com otropeço dos primeiros colocados na tabela de classificação, podelevar o Corinthians, com 16 pontos, à liderança do Brasileiro."Ainda é muito cedo para buscarmos isso", advertiu Márcio. O treinador tenta bloquear qualquer possível fonte de euforia.Em 1999, o time corintiano obteve sete vitórias seguidas noBrasileiro e acabou ficando com o título. "Mas eram anos esituações completamente diferentes, é um erro a comparação",afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.