Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians encara o Bahia para tentar deixar uma boa impressão

Osmar Loss tenta conquistar primeiro resultado positivo fora de casa como treinador

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

13 Junho 2018 | 07h01

O Corinthians enfrenta o Bahia nesta quarta-feira, às 21h45, na Arena Fonte Nova, com a última chance de deixar uma boa impressão em sua torcida antes da parada do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo. E mais do que isso, dar um pouco de paz para o trabalho de Osmar Loss, que está cada dia mais contestado.

+ No Corinthians, Loss escala Marquinhos Gabriel para encarar o Bahia

+ Diretor do Corinthians garante patrocínio master ainda esse ano

Nos jogos contra Santos e Vitória, ele ouviu suas primeiras vaias como treinador da equipe. Em seis jogos sob seu comando, o Corinthians tem três derrotas, dois empates e apenas uma vitória. Retrospecto muito ruim e que parece ainda pior ao comparar com seu antecessor, Fábio Carille, que deixou o clube para trabalhar no Al-Wehda, da Arábia Saudita.

Apesar de toda a pressão, Loss tenta não se deixar ser pressionado e se apega ao apoio da diretoria. "O apoio é fundamental. Diretoria faz eu me sentir seguro e sabe das dificuldades. Nenhuma mudança com tão pouco tempo para trabalhar é vantajoso. É importante demais, pois me dá segurança e transmite respaldo ao elenco também", explicou o treinador.

Para tentar sua segunda vitória, sendo a primeira como visitante, Loss fará mudanças na equipe. Na terça-feira, ele treinou o time com Marquinhos Gabriel no lugar de Mateus Vital. "Na nossa avaliação, o Vital já estava acostumado ao time. Com Pedrinho e Vital, faltou um pouco de profundidade. São dois que caem muito pelo meio. A gente espera que com Marquinhos a gente consiga isso", explicou.

O jogo também pode ser o último para alguns jogadores. Dos atletas que estarão em campo, o mais cotado para ser negociado é o meia Rodriguinho, que está nos planos do time de Carille. "Esperamos que sejam as menores perdas possíveis. O que ouvimos falar é a saída de um ou outro jogador. Independente de perder um ou dois, nosso grupo vai ser muito reforçado. Chegamos a ter 11 desfalques", lamentou o treinador, lembrando as diversas ausências por causa de seleções ou lesões.

Para o jogo com o Bahia, estão fora Cássio e Fagner, com a seleção brasileira; Romero e Balbuena, que defendem a seleção paraguaia; e Renê Júnior, Ralf, Jadson e Clayson, que se recuperam de lesão.

FICHA TÉCNICA

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Régis, Élber e Zé Rafael; Kayke.

Técnico: Diego Cerri.

Corinthians: Walter; Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Sidcley; Gabriel, Maycon, Rodriguinho, Pedrinho e Marquinhos Gabriel; Roger

Técnico: Osmar Loss.

Juiz: Leandro Pedro Vuaden (RS).

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador.

Horário: 21h45.

 

 

Mais conteúdo sobre:
CorinthiansFábio Carille

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.