José Luís da Conceição/AE
José Luís da Conceição/AE

Corinthians encara o Barueri querendo fazer gols no Brasileirão

Mesmo com equipe mista, visando a semifinal da Copa do Brasil, técnico Mano Menezes espera a primeira vitória

Fabio Hecico, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2009 | 23h17

O momento de maior alegria no futebol é o gol. Então, pode-se dizer que o corintiano está triste no Campeonato Brasileiro. Em duas rodadas, o bom ataque do time ainda não balançou as redes. Mano Menezes garante que neste sábado, às 18h30, no Pacaembu, com cobertura online do estadao.com.br, o sorriso voltará ao rosto do torcedor. "Temos a obrigação de vencer o Barueri, jogamos em casa e não podemos deixar os primeiros três pontos na competição escaparem. Até porque a ausência de vitórias preocupa", avalia o técnico.

Veja também:

linkCorinthians vai sem cinco titulares para jogo contra o Barueri

linkExame confirma contratura na panturrilha de Ronaldo

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especialVisite o canal especial da Libertadores

lista Libertadores - Calendário/Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

A missão seria facilitada se Ronaldo estivesse em campo. Porém, o Fenômeno está fora de combate por causa de lesão na panturrilha. Tudo bem, Jorge Henrique e Dentinho garantem o serviço, esboçam confiança aos torcedores. Mas quem confirma que jogarão? Mano sabe que não pode correr risco de perder titulares para as semifinais da Copa do Brasil e ainda precisa poupar jogadores. "Posso dizer que Ronaldo, André Santos, William, Chicão e Cristian não estão relacionados. E que jogaremos com muita seriedade e respeito ao torcedor."

Ou seja, a tarefa de acabar com o jejum pode recair em Souza (2 gols no ano) e Otacílio Neto. Mas o Souza não faz gols, alertam os críticos. Mano, contudo, faz questão de apoiar seus atacantes reservas. "Quem entra está sempre procurando ajudar." Então o Souza joga? "Defino amanhã [hoje]."

 Corinthians
Felipe; Alessandro (Diogo), Diego, Jean e Wellington Saci; Moradei, Elias (Jucilei), Morais e Douglas; Dentinho (Souza) e Jorge Henrique
Técnico: Mano Menezes
 Barueri
Renê; Marcos Pimentel, Daniel Marques, Leandro Castán e Márcio Careca; Ralf, Leanderson, Everton e Thiago Humberto; Fernandinho e Pedrão
Técnico: Estevam Soares
Árbitro: Wilson Luiz Seneme

Estádio: Pacaembu, em São Paulo

Horário: 18h30

Rádio: Eldorado/ESPN - AM 700/FM 107,3

TV: PPV

Uma coisa é certa. Desde 1996, a equipe não faz um início de Nacional com três jogos sem marcar. Naquela época, a equipe tinha um ataque que chegou a ser chamado de "faz me rir" pela incapacidade de ir às redes: Tiba, Alex Rossi e Alcindo. Foram tão mal que fecharam a competição como os piores, com só 20 gols anotados e uma decepcionante 12.ª colocação.

Além dos dois jogos do Brasileiro, o Corinthians só não havia marcado em outras duas oportunidades: diante de Santo André e Guarani. São 57 em 32 jogos, média de 1,78 por duelo.Mano até convoca a torcida garantindo que o dia é hoje. Será?

O Barueri espera estragar a festa. No Paulista, abriu 2 a 0, mas cedeu o empate. O técnico Estevam Soares faz mistério na escalação. Mas também está ansioso pela primeira vitória. "Fizemos dois bons jogos contra o Sport (1 a 1) e Fluminense (0 a 0). O time tocou bem a bola e teve chance de vencer as duas partidas. Espero que a primeira vitória venha logo, pois é importante vencer num campeonato de pontos corridos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.