Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians encara o Bragantino, um antigo parceiro, no Pacaembu

Clubes fizeram diversas negociações entre eles nos últimos anos e conta com ex-jogadores do adversário

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

18 de março de 2018 | 07h00

Corinthians e Bragantino iniciam a disputa por uma vaga na semifinal do Paulista em um confronto de clubes que se tornaram parceiros nos últimos anos. Mostra disso é a quantidade de atletas que trocaram um time pelo outro - por empréstimo ou em definitivo - nos últimos anos. 

+ CBF divulga tabela do Brasileirão e rivais paulistas estreiam no sábado

+ Paraguai não libera e Balbuena e Romero desfalcam o Corinthians

+ Corinthians abre as portas para recuperação de Rodrigo Taddei

Foram tantas as negociações entre os dois que é possível montar um time, com reservas: Felipe; Guilherme Andrade, Yago, Felipe e Moisés; Moradei, Paulinho, Alan Mineiro e Everton Santos; Romarinho e Finazzi. Ainda fazem parte da lista Douglas, Lincom, Zelão, Rodrigo Sam, Claudinho, Kadu, Bill, André Vinicius, entre outros.

Atualmente, o Bragantino conta com Diego Macedo, que passou pelo Corinthians. No clube paulistano, Pedro Henrique, Maycon e Lucca já vestiram a camisa do time de Bragança Paulista. Rodriguinho também, mas no passado.

O Braga quer aproveitar mais um pouco a popularidade do Corinthians e por isso decidiu mandar a partida no Pacaembu, de olho em uma bilheteria maior. A torcida mandante ficará no setor dos visitantes, para que o estádio tenha o predomínio de corintianos. 

A decisão causou irritação de alguns adversários, mas a diretoria do Bragantino deu de ombros. “Time do interior tem que buscar recursos para sobreviver e dirigente tem que ser frio nessa hora”, disse o presidente do clube, Marquinhos Chedid. 

A confiança no lado do Corinthians é que sistema defensivo parece melhorar a cada jogo. Desde que Fábio Carille decidiu voltar ao esquema tático vencedor de 2017, com dois volantes, foram sete jogos disputados e apenas dois gols sofridos. 

“É a busca pelos dez anos que estou no Corinthians. Estou seguindo a ideia do Corinthians de ter uma defesa sólida. Fomos campeões do mundo tomando quatro gols entre Libertadores e Mundial. Tentei fazer algo diferente no começo, mas mudei porque isso não aconteceu. É a volta daquilo que é o DNA do Corinthians”, disse o treinador corintiano.

O jogo ainda marca a “despedida” dos selecionáveis Fagner, Balbuena e Romero. Os três não atuarão no jogo de volta, na quinta-feira, porque estarão com suas seleções nacionais que disputarão jogos amistosos. Eles também não deverão estar em campo na semifinal, caso o Corinthians avance. 

O Bragantino tenta esquecer a eliminação na Copa do Brasil, após a derrota por 3 a 0 para o Vitória, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

Bragantino: Alex Alves; Ewerton (Diego Macedo), Lázaro, Guilherme Mattis e Fabiano; Adenilson, Willian Schuster, Vitinho, Gerley e Léo Jaime; Matheus Peixoto 

Técnico: Marcelo Veiga

Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel, Maycon, Rodriguinho, Emerson e Clayson; Romero

Técnico: Fábio Carille

Juiz: Leandro Bizzio Marinho

Local: Pacaembu, em São Paulo

Horário: 16h

Na TV: Globo

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.