Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Corinthians encara Paulista preocupado com comportamento da torcida

Alvinegro, que jogará em Americana, quer identificar vândalos para não levar culpa sozinho

Raphael Ramos , O Estado de S. Paulo

22 de janeiro de 2014 | 05h03

SÃO PAULO - O Corinthians enfrentará o Paulista nesta quarta-feira, às 22h, no Estádio Décio Vitta, em Americana, preocupado não apenas em obter a sua segunda vitória seguida no Estadual. As atenções do clube também estarão voltadas para o comportamento da Fiel. Isso porque o Alvinegro tenta se precaver para não ser prejudicado neste ano por sucessivas perdas de mando de campo, como ocorreu em 2013.

Nesta quarta-feira, por exemplo, o Corinthians só jogará em Americana porque na final do Paulistão de 2013 seus torcedores usaram sinalizadores e a federação puniu o clube com a perda de um mando. Para evitar outras sanções, a diretoria adotou nova postura: a estratégia é, sempre que possível, identificar e responsabilizar individualmente o torcedor para que o clube não assuma mais a culpa sozinho.

No domingo, assim que um torcedor invadiu o gramado do Canindé durante a partida contra a Portuguesa, ele foi contido pela Polícia Militar e um funcionário do Corinthians, ainda no campo, acompanhou o vândalo até que fosse registrada a ocorrência. "O caso ainda será analisado, mas a tendência é o Corinthians não ser responsabilizado", adiantou o coronel Marcos Marinho, diretor do Departamento de Segurança da FPF.

Segundo o presidente Mário Gobbi, o prejuízo financeiro em cada partida longe do Pacaembu é de R$ 1,5 milhão. Em 2013, o Corinthians perdeu cinco mandos e realizou um jogo da Libertadores com portões fechados. "Já encaminhamos ofícios a todos os órgãos responsáveis pedindo que o Estatuto do Torcedor seja cumprido e que o mau torcedor seja identificado e punido, e não mais o clube. Nós estamos dispostos a colaborar", diz Felipe Santoro, advogado do Corinthians.

Nesta quarta, Mano Menezes repetirá o time que venceu a Lusa, com uma exceção: Diego Macedo jogará no lugar de Edenílson, vendido para a Udinese.

CORINTHIANS x PAULISTA

CORINTHIANS - Walter; Diego Macedo, Gil, Paulo André e Uendel; Ralf, Guilherme, Rodriguinho e Danilo; Romarinho e Guerrero. Técnico: Mano Menezes.

PAULISTA - Juliano, Raul, Gian (Émerson), Diego Macedo e Jeff Silva; Mineiro, Ewerton Pereira, Fabrício Rodrigues e Dinélson; Esquerdinha e Patrick. Técnico: Giba.

Árbitro - Flavio Rodrigues de Souza; Horário - 22 horas; TV - Globo e Band; Local - Décio Vitta, em Americana.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.