Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Corinthians encara Santo André cheio de problemas

Mano Menezes não terá nesta quarta seis jogadores do time que foi campeão Paulista e da Copa do Brasil

Marcel Rizzo, Jornal da Tarde

28 de julho de 2009 | 22h14

Entre desfalques e jogadores já negociados, o Corinthians não terá nesta quarta-feira seis titulares do time que foi campeão do Paulistão e da Copa do Brasil. Mesmo assim, o técnico Mano Menezes, consciente da nova realidade corintiana, mantém o otimismo para o jogo contra o Santo André, a partir das 21h50, no Estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo - acompanhe pelo estadao.com.br.

 

Veja também:

linkRonaldo passará por cirurgia na mão esquerda na quarta

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

A principal novidade corintiana contra o Santo André é o substituto do atacante Ronaldo, que fraturou dois dedos da mão esquerda no último domingo, passará por cirurgia nesta quarta-feira e ficará cinco semanas sem atuar. O escolhido por Mano Menezes foi o garoto Henrique, de apenas 22 anos, que veio em maio do Guarani.

 

Para os lugares dos negociados André Santos e Cristian, continuam Diego na lateral-esquerda e Jucilei no meio-de-campo. Dessa vez, porém, o Corinthians também não terá o meia Douglas, vendido ao futebol árabe - Morais ocupa o seu lugar. Além disso, o volante Elias e o lateral-direito Alessandro estão suspensos, dando vaga para Moradei e Diogo, respectivamente.

 

"Temos um padrão de jogo, que pretendo manter por enquanto. Temos que adaptar o esquema com os novos jogadores", disse Mano Menezes, que ainda corre o risco de ficar sem o atacante Jorge Henrique no jogo desta quarta-feira. Gripado, ele não treinou nesta terça, no CT do Parque Ecológico do Tietê, mas, segundo o treinador, jogará contra o Santo André em Rio Preto.

 Santo André
Neneca; Cicinho, Marcel, Cesinha e Gustavo Nery; Fernando, Ricardo Conceição, Dionísio e Marcelinho Carioca; Antônio Flávio e Pablo Escobar
Técnico: Sandro Gaúcho (interino)
 Corinthians
Felipe; Diogo, Chicão, William e Diego; Moradei, Jucilei e Morais; Dodô, Henrique e Dentinho
Técnico: Mano Menezes
Árbitro: Cleber Wellington Abade (SP)

Estádio: Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto (SP)

Horário: 21h50

TV: Globo e Band

Preocupado com as diversas mudanças no time, Mano Menezes reuniu seus jogadores ao redor do gramado nesta terça-feira e conversou por aproximadamente dez minutos com eles. O treinador gesticulou bastante e cobrou seus atletas, principalmente aqueles que ainda estão com possibilidades de deixar o clube, casos de Felipe, Elias, Dentinho e Chicão. "Foi uma conversa normal, interna nossa", resumiu o comandante corintiano.

 

Na verdade, a cobrança foi pesada. Mano Menezes acha que seus jogadores estão com a cabeça em transações milionárias para a Europa e, por isso, jogaram tão mal na derrota para o Palmeiras, no último domingo, em Presidente Prudente. Depois do trabalho tático, o treinador ainda bateu um papo por mais de cinco minutos com o zagueiro e capitão William, seu homem de confiança no elenco.

 

"O William é o atleta que no campo estará orientando o time. É importante saber o que ele pensa para poder conversar corretamente com os outros companheiros", explicou Mano Menezes, consciente de que terá muito trabalho nesse período de transição no Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.