Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Corinthians encerra negociação com o Bragantino para a venda de Rodrigo Varanda

Os dois times não conseguiram entrar em um acordo contratual e a transferência não acontecerá

Redação, Estadão Conteúdo

17 de agosto de 2021 | 16h08

Apesar da negociação entre Corinthians e Red Bull Bragantino por Rodrigo Varanda ter avançado na última semana, com o jogador indo ao Centro de Treinamento do clube do interior paulista, em Bragança Paulista, para realizar exames médicos, nesta semana as conversas esfriaram. Os dois times não conseguiram entrar em um acordo contratual e a transferência não acontecerá.

"O Sport Club Corinthians Paulista informa que não chegou a um acordo com o Red Bull Bragantino sobre a negociação do atleta Rodrigo Varanda. As duas encerram as tratativas nesta terça-feira (17/08)", comunicou o clube da capital paulista de forma oficial nesta terça-feira.

Até a última semana, valores ainda eram negociados e o tempo de contrato estava praticamente definido em cinco anos. Contudo, sem definir todos os pontos, as tratativas foram encerradas. Vale lembrar que o Corinthians renovou, recentemente, o vínculo de Rodrigo Varanda, que tinha validade até janeiro de 2022, até janeiro de 2024. Antes, o atleta poderia assinar pré-contrato com qualquer outro clube.

Cria da base corintiana, o camisa 30 foi promovido ao elenco profissional no início desta temporada e se destacou ao marcar o segundo gol no empate por 2 a 2 contra o Palmeiras, pela segunda rodada do Campeonato Paulista deste ano. Contudo, o gol foi o único da prata da casa com a camisa alvinegra, em 10 jogos disputados.

Sem espaço com o técnico Sylvinho, Rodrigo Varanda não joga desde o dia 25 de abril, quando o Corinthians venceu o Santos por 2 a 0, na Vila Belmiro, ainda na primeira fase do Paulistão - na ocasião, o comandante corintiano ainda era Vagner Mancini. O jovem ainda não entrou em campo com o novo treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.